Últimas

Santos empata com 'xará do Amapá' em jogo paralisado e gol polêmico

O Santos apenas empatou com o Santos do Amapá por 1 a 1 nesta quinta-feira, no estádio Zerão, em Macapá, na estreia dos dois times na Copa do Brasil deste ano. O jogo ficou marcado pelo gol polêmico dos ‘donos da casa’, pois não ficou claro se a bola entrou totalmente no gol, e pela ameaça de suspensão da partida.

A partida ficou paralisada por 30 minutos no segundo tempo por causa da forte chuva que caiu no gramado do Zerão, em Macapá, que ficou bastante encharcado.

O gol do Santos foi marcado pelo camaronês Joel, que empatou o jogo aos 32 minutos do segundo tempo. É o quarto gol do atacante com a camisa santista.

O jogo também marcou a estreia do argentino Maxi Rolón pelo Santos. Ele entrou em campo no lugar de Longuine aos 37 minutos do segundo tempo. O atacante praticamente não teve tempo para mostrar seu futebol.

O Santos entrou em campo sem nenhum titular. Nem mesmo o técnico Dorival Júnior participou do duelo. O comandante santista ficou na Baixada Santista para treinar a equipe principal que enfrenta o Palmeiras, neste domingo, às 16h (de Brasília), na Vila Belmiro, em duelo válido pela semifinal do Campeonato Paulista. 

Ficha Técnica – Santos-AP 1 X 1 Santos-SP

Data e horário: 21 de abril, às 21h30 (de Brasília)

Local: Estádio Olímpico Zerão, em Macapá (AP)

Árbitro: Joelson Nazareno Ferreira Cardoso (PA-CBF-2)

Assistentes: Marcio Gleidson Correia Dias (PA-ASP-FIFA) e Lucio Ipojucan Ribeiro da Silva de Mattos (PA-CBF-2)

Gols: Rafinha aos 45 minutos do primeiro tempo (Santos do Amapá) e Joel aos 32 minutos do segundo tempo

Cartões amarelos: Paulinho (Santos); Armando (Santos do Amapá)

Santos do Amapá: Zé Maria; Cavalo, Dedé, Jari e Roberto Batata; Otávio Pretão, Lessandro, Renato e Rafinha; Fabinho e Armando (Jean Marabaixo)

Técnico: Romeu Figueira

Santos: Vladimir; Alison, Lucas Veríssimo, Luiz Felipe e Caju; Léo Cittadini, Leandrinho (Igor), Serginho (Ronaldo Mendes) e Rafael Longuine (Maxi Rolón); Paulinho e Joel.

Técnico: Lucas Silvestre (auxiliar e filho de Dorival Júnior).

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *