Últimas

Sem Ganso, São Paulo treina e clima esquenta entre Lyanco e Wesley

O São Paulo se reapresentou na manhã deste sábado após golear o Toluca (MEX) por 4 a 0, pela Libertadores. O clima é de animação total do elenco após encaminhar a vaga para as quartas de final da competição sul-americana. A boa fase, porém, não impede que haja entreveros entre os atletas. O treino teve um momento de tensão, protagonizado por Lyanco e Wesley. Os dois chegaram a trocar farpas em alto e bom som.

Tudo começou com Lyanco e Calleri. O zagueiro de 19 anos não gostou de uma entrada mais dura do argentino e, pouco tempo depois, atingiu o jogador com mais força. Mais adiante, Calleri voltou a incomodar o zagueiro com outra pegada. Sobrou para Wesley. Pouco tempo depois da faísca com o argentino, Lyanco deixou o braço no volante, que ficou indignado e disparou:

“Porra, bate nele, caralho! Vai tomar no seu c…”, falou Wesley, bastante irritante, enquanto o zagueiro, aparentemente, tentava se explicar, sob os olhares do técnico Edgardo Bauza.

A confusão foi freada pela turma do deixa disso, que separou os jogadores. O treino transcorreu com mais calma depois, com uma ou outra entrada mais dura. Lyanco passou a jogar numa faixa do campo sem tanto contato com Calleri ou Wesley. Após o treino, o jovem teve uma conversa com o auxiliar Rene Weber, que tentou acalmá-lo. Lyanco gesticulou explicando os lances que originaram a confusão. Tudo, aparentemente, em paz.

Participaram da atividade neste sábado quem foi reserva ou não enfrentou o Toluca, além do argentino, que cumpriu suspensão. Os titulares fizeram um trabalho mais leve, com corrida em volta do gramado. Ganso não participou. Com dores musculares, como informado pela assessoria de imprensa do São Paulo, o camisa 10 ficou fazendo tratamento no Reffis. Vale lembrar que o meia está na lista dos 40 jogadores pré-convocados da Seleção Brasileira para a Copa América.

O técnico Edgardo Bauza ainda conta com uma série de desfalques: Breno, Lugano, João Schmidt e Rogério ainda se recuperam de lesão e seguem sem prazo para voltar. Por outro lado, Carlinhos e Daniel, também em fase de recuperação, treinaram com bola e ficaram mais perto de voltar. Ambos, porém, ainda não devem seguir com o time para o México, para a partida da semana que vem.

O São Paulo volta a treinar neste domingo pela manhã e à noite embarca para o México. O time ficará em Acapulco, no litoral, entre segunda e terça-feira, quando viaja para Toluca, local da partida. O São Paulo visa minimizar os efeitos da altitude de cerca de 2.600 metros da cidade mexicana, onde poderá perder por até três gols, ou quatro desde que faça um, para avançar na Libertadores.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *