Semifinais da Copa do NE: Durval marca no fim e Sport larga na frente do Campinense

Quando já parecia que não ia dar mais tempo, deu. Com um gol de Durval aos 50 minutos da etapa final, o Sport venceu por 1 a 0 o Campinense na Ilha do Retiro e largou na frente por uma vaga na decisão da Copa do Nordeste.

O triunfo deixa o Leão da Ilha em boas condições para o duelo de volta com o Campinense. No próximo domingo, às 16h, o time de Paulo Roberto Falcão joga por qualquer empate – podendo até perder por um gol de diferença, desde que faça um gol no Estádio Amigão, o palco do jogo em Campina Grande.

O JOGO NA ILHA DO RETIRO

Sport e Campinense fizeram uma primeira etapa aberta. O Leão da Ilha começou melhor, mas a desconcentração na hora do último passe atrapalhou a conclusão das jogadas, que aos poucos foi perdendo o domínio da partida.

Mostrando boa organização, o Campinense trocou passes e ameaçou o gol do Sport. As melhores chances foram de Roger Gaúcho e Bruno Corrêa, que finalizou na trave direita de Danilo Fernandes. O Leão respondeu com Vinícius Araújo e Lenis, que arriscaram os chutes com mais perigo à meta de Gledson.

Na volta do intervalo, o Campinense ganhou a briga no meio de campo, mas as chances de gols diminuíram. A torcida do Leão perdeu a paciência com a posse de bola rival, e ensaiou vaias ao técnico Falcão, que tirou Mark González para a entrada de Luiz Antônio. Vinícius Araújo também deu lugar a Jonathan Goiano.

As mudanças não surtiram efeito. O Campinense seguiu atuando com tranquilidade na Ilha do Retiro, que perdeu a paciência de vez com o técnico do Sport quando sacou Lenis – que também foi vaiado – para a entrada do lateral Maicon.

Antes do apito final, os goleiros brilharam. Danilo Fernandes defendeu com muita dificuldade uma bomba de Chapinha. Já nos acréscimos, Gledson fez a ponte e impediu o que seria um golaço de Jonathan Goiano, de fora da área.

Quando parecia que o jogo estava resolvido e tudo seria definido no jogo de volta, no Amigão, a estrela de Durval brilhou. Aos 50 minutos da etapa final, Maicon foi à linha de fundo e cruzou. O capitão do Leão ganhou da zaga e, da pequena área, cabeceou para as redes, garantindo ótima vantagem ao Sport.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *