Seminário celebra 70 anos da UFPE nesta quarta

Na próxima quarta-feira, os 70 anos da Universidade Federal de Pernambuco e os 29 anos do Plano de Regularização das Zonas Especiais de Interesse Social (Prezeis) serão celebrados em um seminário no formato de painel, às 19h30, no Salão Nobre da Faculdade de Direito do Recife (FDR)/Centro de Ciências Jurídicas (CCJ). O evento abordará o tema Universidade e Política Urbana – Influência mútua no processo de democratização da política universitária e urbana. A abertura terá a participação do reitor Anísio Brasileiro. O evento é aberto ao público.

De acordo com o professor do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Urbano da UFPE Luis de la Mora, um dos responsáveis pelo evento, a abordagem conjunta deve-se ao fato de tanto o Prezeis quanto a UFPE seguirem diretrizes voltadas ao desenvolvimento social e cultural. “O Prezeis é um marco da política urbana no Brasil”, afirma Luis de La Mora, que representa a UFPE no Fórum do Prezeis. “A Universidade, quando foi criada, envolveu-se também com projetos de desenvolvimento do nordeste”, ressalta.

O professor Luis de La Mora, que também faz parte da Comissão de Direitos Humanos Dom Hélder Câmara, destaca ainda a interseção entre UFPE e sociedade por meio de ações de extensão. Ele lembra que, à época da Ditadura Militar no Brasil, este diálogo foi quebrado, mas retornou com o processo de democratização. A criação do Prezeis foi influenciada por este contexto.

No evento, haverá painéis de Christina Nunes, pró-reitora de Extensão e Cultura da UFPE; Edvaldo Santos Pereira, coordenador do Fórum do Prezeis; Francisco Sales, procurador de Justiça e assessor jurídico da URB na época da criação do Prezeis; José Ricardo de Oliveira, coordenador do Centro Dom Hélder Câmara de Estudos e Ação Social; Antônio Alexandre, secretário de Planejamento do Recife; e João Domingos Azevedo, presidente do Instituto Pelópidas Silveira.

Além do professor Luis de La Mora, também coordenam o evento Edvaldo Santos Pereira e a professora da FDR/CCJ e do Mestrado em Direitos Humanos Liana Cirne Lins.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *