Sobe para 602 número de mortos no terremoto do Equador

Quito, 22 abr (EFE).- O número de mortos no terremoto no Equador chegou a 602 e o de feridos atendidos a 12.492, segundo os últimos dados divulgados nesta sexta-feira pela Secretaria Nacional de Comunicação (Secom), que indicou que 130 pessoas continuam desaparecidas.

A entidade afirma que 113 pessoas foram resgatadas com vida e 26.091 foram amparadas em albergues desde que aconteceu o tremor de 7,8 graus na escala Richter, que afetou principalmente a região norte do litoral do país.

Sobre os danos em edificações, o documento divulgado no site da instituição informa que há 6.998 imóveis destruídos e 2.740 afetados. O terremoto também afetou 281 escolas.

O relatório eleva a 725 o número de réplicas registradas e indica que seis delas foram de magnitude superior a 6.

O governo equatoriano declarou situação de emergência nas províncias de Esmeraldas, Manabí, Santo Domingo de los Tsáchilas, Guayas, Santa Elena e Los Ríos, e estado de exceção em todo o território nacional.

Junto com o resgate de sobreviventes e vítimas, o governo impulsionou os trabalhos para a restituição de serviços básicos para melhorar as condições de vida dos afetados.

Mais de 20 países de todo o mundo enviaram ajuda humanitária ao Equador, que encarregou mais de mil especialistas em trabalhos de resgate de vítimas e atendimento aos afetados.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *