Últimas

Suprema Corte da Venezuela rejeita lei de anistia para opositores de Maduro

A Suprema Corte da Venezuela declarou inconstitucional a lei aprovada pelo congresso – que é controlado pela oposição – para libertar dezenas de políticos presos que se opõem ao governo de Nicolás Maduro.

A decisão desta segunda-feira já era esperada depois que Maduro criticou a lei, afirmando que era uma tentativa de desestabilizar seu mandato e perdoar ativistas que teriam causado “agitações mortais” em 2014.

Entre os que seriam soltos pela lei de anistia está Leopoldo Lopez, que conduziu as manifestações contra o governo em 2014. Ele está cumprindo uma sentença de 14 anos por ter supostamente provocado violência durante os protestos.

A oposição havia prometido libertar os ativistas presos depois de sua vitória nas eleições parlamentares de dezembro.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *