Telegram dará bolsas de US$ 1 milhão para a criação de robôs na plataforma

Pavel Durov, o criador do aplicativo de mensagens criptografadas Telegram, anunciou ontem que concederá US$ 1 milhão em bolsas para desenvolvedores que criem robôs capazes de interagir com os usuários do app. A única exigência é que os robôs sejam criados usando a Bot API do Telegram.

A empresa premiará os melhores ‘bots’ criados pelos usuários com valores a partir de US$ 25 mil. Segundo o Telegram, os robôs ideias precisam ser rápidos, ser útil para um número considerável de pessoas e funcionar no modo inline, que permite que ele seja ativado a partir de qualquer conversa. Para eles, robôs importados de outras plataformas também são benvindos.

O Telegram também sugere algumas áreas nas quais os desenvolvedores podem se focar, como integração com outros apps, inteligência artificial e processamento de linguagem natural. No entanto, a empresa também enfatiza que gostaria de ser surpreendida.

De acordo com a empresa, os prêmios serão distribuídos em diversas levas ao longo de 2016. Por esse motivo, todos os robôs enviados ao longo do ano podem concorrer. Para inscrever os robôs, é necessário mandar uma mensagem pelo aplicativo para a conta BotSupport, incluindo o nome de usuário do robô e a hashtag #BotPrize.

Mercado disputado

O investimento do Telegram nesse setor parece uma maneira de disputar espaço com o Facebook Messenger. Embora o aplicativo de Mark Zuckerberg tenha passado recentemente a oferecer um “mercado de robôs”, o Telegram já possui essa funcionalidade há algum tempo.

E o Facebook Messenger não é o único aplicativo que parece estar de olho nesse mercado. A Microsoft também enfatizou que pretende expandir suas atividades com robôs na plataforma Skype, e até mesmo o WhatsApp já chegou a mencionar essa área como uma potencial fonte de renda para o futuro.

Fonte: Olhar Digital
Matéria originalmente postada no site olhardigital.uol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *