Últimas

Tevez marca dois, Boca Juniors goleia e termina em 1º no Grupo 3 da Liberta

Com o gramado do La Bombonera quase impraticável no meio das áreas e numa de suas laterais (Em razão das fortes chuvas e muitos eventos), Boca Juniors e Deportivo Cali fizeram um jogo excepcional, com várias chances para ambos os lados  e gols belíssimos. No fim,  Boca: 6 a 2.  

Tevez fez dois gols, um deles numa bela cobrança de falta, e foi um dos destaques, ao lado do lateral-esquerdo Fabra, autor do primeiro gol xeneize; de Chávez, que fez um gol num contra-ataque atravessando o campo inteiro e levantando a torcida;  e de Casierra, que marcou os dois gols do Deportivo no intervalo de um minuto. Os reservas Jara e Palacios completaram o placar para os donos da casa.

O resultado confirmou o Boca Juniors em  primeiro lugar no Grupo 3,  com 12 pontos. O Deportivo Cali terminou na lanterna, com três pontos.

O JOGO

O primeiro tempo foi incrível, com 20 finalizações (14 para o Boca) e o Boca Juniors em cima e perdendo inúmeras oportunidades. Acabou chegando ao gol aos 19 minutos quando o lateral-esquerdo Fabra ficou com uma bola espirrada, entrou na área driblando três marcadores e mandou a bomba para fazer um golaço. No minuto seguinte, Fabra salvaria gol certo dos colombianos, tirando de biquinho um cruzamento que encontraria Casierra sozinho. Só que este lance foi o único de muito perigo do Cali na primeira metade da partida. Já o Boca perdia oportunidade com praticamente todos os seus homens de frente, Lodeiro, Tevez, Pavón e Chavez.

Se o jogo estava bom, ele pegou fogo de vez durante os minutos 35 e 38. Afinal, saíram três gols beste período. Aos 35, após cruzamento de Banguero, Casierra cabeceou e empatou a partida. O Boca deu a saída, Gago perdeu a bola para Sambueza que foi a até a entrada da área e deu para Amaya, livre, deslocar o goleiro Sara. o zagueiro Rolín ainda conseguiu salvar, mas a bola caiu nos pés de Casierra que marcou o seu segundo gol no intervalo de um minuto. Só que o Boca não ficou se lamentando. Aos 38, após chute de Pavón que deu rebote, Tevez tocou para o gol vazio. 2 a 2.

Aos dois minutos do segundo tempo, o Boca voltou a comandar o placar após contra-ataque espetacular de Chávez. O boquense recebeu de Pavón pouco depois de sua área de defesa e disparou o campo todo, entrou na área rival e mandou uma bomba, sem chance para o goleiro Hurtado.

O Boca seguiu mandando em campo. Lodeiro chutou uma na trave; Tevez, sozinho, bateu fraco da pequena área e deu chance de rebote.  Aos 25, o Deportivo Cali perdeu o zagueiro Mera, expulso, por falta violenta. Na cobrança, Tevez marcou o quarto gol.

Para deixar a barulhenta torcida boquense ainda mais animada, saiu o quinto gol. Fabra fez excelente jogada pela esquerda e cruzou para a área.  Chávez ajeitou de cabeça para Jara concluir com eficácia. No fim,  Palacios (que entrara no lugar de Tevez) fechou a goleada.

Boca 6 a 2, um resultado que ficou barato para o Deportivo Cali.  E que motivou demais o time para o clássico do próximo fim de semana contra o River Plate, pelo Argentino.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *