Tribunal peruano libera candidatura de Keiko Fujimori

A candidatura presidencial de Keiko Fujimori foi confirmada nesta sexta-feira depois de o tribunal eleitoral do Peru declarar infundadas as apelações de uma decisão de primeira instância que buscava retirá-la da corrida.

O Jurado Nacional de Eleições – o tribunal eleitoral de última instância – coincidiu com a decisão do Tribunal Eleitoral Especial de que não existe certeza que a candidata tenha entregue dinheiro de forma direta ou através de terceiros a ganhadores de um concurso no dia 14 de fevereiro.

O processo de exclusão da candidatura de Keiko Fujimori teve início em 19 de março porque o evento, no qual Fujimori estava presente deu US$ 89 aos ganhadores de um concurso de baile, quantidade que supera em US$ 6 os donativos máximos permitidos pela lei por candidatos.

A apenas nove dias das eleições, nenhum candidato, incluindo Fujimori, supera os 50% necessários para a vitória no primeiro turno, de acordo com as pesquisas. O segundo turno ocorre em 5 de junho.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *