Turcos protestam contra criação de centro de refugiados deportados em Dikili

Istambul, 2 abr (EFE).- Vários moradores de Dikili, uma pequena cidade turca no litoral do Mar Egeu, protestaram neste sábado contra os planos do governo de instalar na região um centro para acolher temporariamente os refugiados que a União Europeia deportará desde a Grécia.

Dikili, um município litorâneo de 40 mil moradores, dispõe de um serviço regular de balsa com a ilha de Lesbos, situada a apenas 20 quilômetros, e será o local de um centro destinado a acolher e registrar os refugiados devolvidos no marco do acordo com a UE que entra em vigor na segunda-feira.

Trabalhadores do setor de turismo insistiram hoje durante a manifestação que sua cidade “não está preparada” para uma chegada em massa de refugiados que, temem, viverão de forma indefinida na zona, informa o jornal “Hürriyet”.

O governo central insistiu que o centro, que ainda não começou a ser construído, servirá unicamente para redistribuir os refugiados, não como residência permanente, mas os moradores se queixam de falta de informação.

O prefeito de Dikili, Mustafa Tosun, do partido opositor CHP, ressaltou que moradores e autoridades locais sempre ajudaram “com roupa, transporte e ajuda humanitária” os refugiados que chegam a esta zona para embarcar rumo à Grécia, mas rejeitou uma instalação de amparo formal.

Não é certo ainda se na segunda-feira realmente chegarão a Dikili os primeiros deportados desde Lesbos ou se o programa de devoluções começará a ser realizado 100 quilômetros mais ao sul, na cidade de Çesme, que fica a apenas dez quilômetros da ilha grega de Quios.

No porto de Çesme já começou a ser montado um espaço de 1.800 metros quadrados e se prevê que os trabalhos terminem segunda-feira, afirma o “Hürriyet”.

O governo não deu informação sobre os detalhes da aplicação do acordo com a UE, fechado em março.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *