UE pode passar a exigir vistos de norte-americanos e canadenses, diz fonte do bloco

O órgão executivo da União Europeia está cogitando exigir visto de cidadãos norte-americanos e canadenses que queiram viajar para o bloco, uma medida que pode criar tensões no momento em que Bruxelas negocia um acordo comercial com Washington.

Somente a Grã-Bretanha e a Irlanda optaram por não seguir a política comum de vistos entre as 28 nações da UE, e a Comissão Europeia precisa decidir até 12 de abril se irá exigir vistos de países que têm exigências semelhantes para um ou mais Estados do bloco.

Washington e Ottawa exigem visto de entrada para romenos e búlgaros, cujos países se filiaram à UE em 2007. Os EUA também excluem croatas, cipriotas e poloneses da dispensa de visto oferecida a outros cidadãos da UE.

“Um debate e uma decisão de cunho político obviamente são necessários para um tema tão importante. Mas existe um risco real de que a UE adote o pedido de vistos para ambos (norte-americanos e canadenses)”, disse uma fonte do bloco.

Mas há dúvidas se a medida seria exequível, dado que prejudicaria seriamente a vasta e lucrativa indústria turística da UE.

A missão dos EUA em Bruxelas enfatizou que qualquer proposta da Comissão Europeia para exigir tais vistos pode ser revertida mais tarde pelo parlamento europeu ou pelo Conselho Europeu –que reúne os 28 líderes da UE– por razões de política externa, entre outras considerações.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *