Velejadora britânica morre após ser derrubada de iate no Oceano Pacífico

A velejadora britânica Sarah Young, 40 anos, morreu nesta sexta-feira (1º) ao ser derrubada por uma onda do iate onde trabalhava e ser levada pelos ventos para longe da embarcação. O local do incidente foi próximo da Linha Internacional de Mudança de Data, no meio do Oceano Pacífico.

A informação foi divulgada pelos organizadores da 2015-16 Clipper Round the World Yatch Race, evento que promove uma travessia da cidade chinesa de Qingdao, na China, até Seattle, no noroeste Estados Unidos.

A causa da morte de Young não foi divulgada, mas a suspeita é que ela tenha se afogado ou tenha morrido por exposição ao sol e/ou às baixas temperaturas da água. No momento do acidente, a velejadora estava do lado de fora do iate enquanto ventos de 35 a 40 nós atingiam a região. Ela foi derrubada após duas ondas, como não estava amarrada ao barco, foi levada pelos ventos no mar.

Ela foi localizada sem vida graças ao sistema de identificação do iate, já que as condições climáticas impediram o resgate imediato, embora os demais integrantes da embarcação tenham tentado reanimá-la. Eles ficaram em segurança.

A ocorrência foi no 12º dia das 14 etapas da competição, quando restavam 5217 km para a chegada em Seattle.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *