Últimas

Vice-presidência diz que margem de votos pelo impeachment é segura

O vice-presidente Michel Temer retornou a Brasília na manhã deste sábado (16), chegando ao Palácio do Jaburu por volta das 9h30. Ele tinha ido a São Paulo no meio da tarde anterior com o plano inicial de ficar na capital paulista até domingo, quando poderá fazer um pronunciamento após a votação do pedido de impeachment da presidente Dilma Roussef na Câmara dos Deputados.

Com a ofensiva do governo – que começa a virar votos como os do vice-presidente da Câmara, Waldir Maranhão (PP-BA), de Felix Mendonça Junior (PDT-BA) e de Clarissa Garotinho (PR-RJ), convencida a não vir votar -, aliados de Temer aconselharam o retorno de Temer para aumentar a negociação.

Segundo um interlocutor do Jaburu, “a situação não é grave” e eles ainda têm margem segura de votos para aprovar o pedido de impeachment. Os boatos no Jaburu afirmam que há negociações em estados do Norte e do Nordeste estariam em curso para barrar o processo de impeachment na Câmara.

“Existem boatos de que deputados e aliados de deputados que estão há anos em litígio com o Estado pela titularidade de terras e que aliados do Planalto estariam prometendo regularizar a situação, caso o voto dos parlamentares fosse favorável ao governo”, afirmou o interlocutor do alto escalão da vice-presidência.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *