Violeiro e 'irmão pentelho' de Fred. Gustavo Scarpa vira referência no Flu

Desde a última temporada, Gustavo Scarpa prova a cada jogo que merece a condição de titular do Fluminense. Mais que isso, ele virou referência do Tricolor. Dono da bola parada, ele é um dos principais jogadores da equipe. A importância do apoiador não se restringe apenas ao campo e bola. Fora dos gramados, o jovem de 22 anos mostra-se fundamental para o grupo. Ele é um dos comandantes da resenha e uma espécie de ‘irmão pentelho’ de Fred. Além disso, está sempre com o violão nas concentrações e anima os companheiros com músicas e gargalhadas.

Scarpa nunca escondeu sua admiração por Fred. Desde que voltou a fazer parte do elenco no ano passado, após voltar do RB Brasil, o apoiador se inspirava no camisa 9 para seguir caminho parecido no Fluminense. E a recíproca era verdadeira, já que o capitão tem bom relacionamento com os jovens promovidos das categorias de base de uma maneira geral.

Inteligente e safo, não demorou para Gustavo Scarpa cair nas graças de Fred. Os dois são grandes frequentadores da famosa resenha nos vestiários e concentrações. Na pré-temporada dos Estados Unidos era possível ver o clima leve no elenco e a zoação entre a dupla.

As apostas são frequentes. Dinheiro? Não. A prenda é levar petelecos na orelha do vencedor. É justamente nesse momento que o humor de Fred desaparece por alguns instantes. Mais do que força, Scarpa leva jeito na brincadeira e dispara petelecos que deixam o atacante coçando a orelha (veja vídeo).

Evidentemente isso fica de fora quando o Fluminense entra em campo. Nesse momento, o camisa 9 passa a ser um dos mais chatos e cobra bastante. Scarpa sabe disso e até gosta das cobranças.

“Estou me sentindo realizado, conseguindo realizar quase todos meus sonhos em quatro meses. Ouvir o que o Fred fala ou qualquer outro vai da educação e criação. Têm jovens que ouvem, que não ouvem. É em todo lugar. Tem gente que sabe ouvir e tem gente que não sabe. Vai mais da personalidade do jogador. O Fred é um cara de muita experiência, então eu sei que o que ele fala vai acontecer. Sei que posso dar ouvidos que tem tudo para me ajuda”, disse o jogador recentemente.

Além do futebol e das brincadeiras, outra faceta de Scarpa fora dos gramados fica evidente quando ele segura um violão. Fã de música gospel, não é raro ver o apoiador tocando algumas canções nas concentrações. Como cantor, o camisa 40 é um grande jogador. Pior ainda quando se junta com Marlon na cantoria. Se a qualidade não é das melhores, a diversão é garantida.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *