Últimas

Wada concede mais um mês ao Quênia para adaptar legislação antidoping

Redação Central, 7 abr (EFE).- A Agência Mundial Antidoping (Wada) concedeu um mês de prorrogação ao Quênia para adaptar sua legislação ao Código da própria entidade internacional e assim evitar possíveis punições que podem inclusive impedir que seus atletas participem dos Jogos Olímpicos deste ano, no Rio de Janeiro.

Em comunicado, a Wada detalhou que definiu o dia 2 de maio como data limite para que a Agência Queniana Antidoping se adeque às exigências. Do contrário, o Comitê de Cumprimento do organismo mundial recomendará ao Conselho de Fundação que a Adak seja declarada “não cumpridora”. A resolução do caso será anunciada em 12 de maio, após reunião do Conselho em Montreal.

O governo do Quênia já descumpriu um primeiro ultimato em 11 de fevereiro para a criação de uma nova agência antidoping nacional, o que fez com que o caso foi transferido para o Comitê de Cumprimento da Wada, que em reunião na última terça apontou que a situação atual no país africano não cumpre o Código 2015.

A nova legislação em matéria de doping é fundamental para o Quênia, primeira potência de fundo no atletismo mundial. Nos últimos anos, 40 atletas quenianos deram positivo em controles de doping, o que deixou a participação do país nos Jogos ameaçada.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *