Últimas

Agentes penitenciários farão paralisação por 72 horas neste final de semana

Os agentes penitenciários que atuam nas unidades prisionais de Alagoas farão uma paralisação de advertência durante todo o final de semana. Eles querem negociar reajuste salarial e outros benefícios para a categoria. A medida foi aprovada em assembleia realizada na manhã desta terça-feira (03).

O vice-presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários de Alagoas (Sindapen), Petrônio Lima, explicou que a categoria busca manter diálogo com o governo para discutir a campanha salarial de 2016 e uma pauta com algumas reivindicações.

Entre elas está implementação do piso salarial da categoria em R$ 4 mil reais, extensão do adicional de periculosidade a todos os agentes penitenciários do Estado e que o Executivo apresente um cronograma para a realização de concurso público para suprir a carência de profissionais.

“Tentamos em algumas reuniões discutir estes pontos e não obtivemos êxito. Hoje em assembleia a categoria aprovou por unanimidade realizar a paralisação de advertência por 72 horas. Voltaremos ao trabalho na segunda-feira e aguardamos que o governo venha negociar conosco. Caso isso não ocorra a categoria já deliberou para entrar em greve por tempo indeterminado”, disse.

Por conta da paralisação, a previsão do sindicato é que as visitas sejam suspensas. Os agentes irão manter apenas a segurança do sistema prisional, a alimentação e medicação dos detentos, além de realizar escoltas de urgência e emergência.

 

 

Por Vanessa Siqueira

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *