Amazon lança concorrente do YouTube

A Amazon lançou, nesta terça-feira, 10, um concorrente para o YouTube. Batizado de AVD (Amazon Video Direct) a plataforma pretende ser uma espécie de “self-service” para os criadores de vídeo.

Em um movimento direto contra o YouTube, o programa permitirá que os criadores ganhem dinheiro com royalties e publicidade dos vídeos que são carregados com base em minutos transmitidos.

Embora a empresa afirme que o serviço é destinado para criadores de vídeos profissionais, os únicos requisitos são ter um vídeo em HD e com legendas. O processo é semelhante ao Kindle Direct Publishing, que permite que autores publiquem e-books diretamente na Amazon.

Os criadores de vídeo serão capazes de escolher como o seu conteúdo ficará visível no serviço, além de ter a opção de permitir que as pessoas transmitam, baixem, aluguem ou comprem os vídeos.

“Pela primeira vez, há uma opção de autosserviço para provedores de vídeos para conseguir colocar o conteúdo em um serviço streaming de assinatura premium”, disse Jim Freeman, vice-presidente da Amazon Video, em um comunicado.

De acordo com a empresa, será distribuído aos criadores um bônus mensal de US$ 1 milhão de dólares em fundos, com base nos 100 melhores vídeos do período, além de qualquer outra receita obtida.

A Amazon também fez uma parceria com as editoras e organizações de notícias, como Business insider, The Guardian, Mashable, Conde Nast, entre outros, para tornar seu conteúdo disponível para assistir na Amazon Video.

Via Business Insider

Fonte: Olhar Digital
Matéria originalmente postada no site olhardigital.uol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *