Últimas

Antes descartados, técnicos gringos ganham força no Cruzeiro: "50% a 50%"

  • Best Photo Agency & C / Pier Gia

    Aos 59 anos, Reinaldo Rueda é o gringo favorito na preferência dos diretores do Cruzeiro

    Aos 59 anos, Reinaldo Rueda é o gringo favorito na preferência dos diretores do Cruzeiro

Depois de ouvir as negativas de Jorginho e Marcelo Oliveira, a diretoria do Cruzeiro volta seu foco na procura de um novo treinador. Atualmente, os cartolas vivem o dilema de trazer um nome para realizar um trabalho em longo prazo e ao mesmo tempo evitar fazer uma decisão precipitada que poderá gerar uma eventual demissão em poucos meses. Por isso, vários nomes continuam sendo estudados e até os gringos ganharam espaços na lista de preferência. Se antes a chance de contratar algum técnico de fora era praticamente nula, a situação de momento deixa os estrangeiros dividindo a concorrência com os comandantes nacionais.

Assim que Deivid deixou o comando técnico do Cruzeiro, o clube descartou a possibilidade de o novo comandante ser de fora do Brasil. Contudo, em entrevista concedida nesta manhã de segunda-feira, na Toca da Raposa, o vice-presidente de futebol, Bruno Vicintin, comentou que a dificuldade para trazer novos nomes abriu essa brecha para os estrangeiros.

“Cheguei a comentar que pensávamos em treinadores nacionais, mas hoje eu diria que a chance é de 50%”, comentou o dirigente.

Reinaldo Rueda, atual comandante do Atlético Nacional, é o preferido quando se trata de treinadores estrangeiros. Com o time colombiano, Rueda conseguiu a melhor campanha na fase de grupos da Copa Libertadores, terminando o Grupo 4 com 16 pontos dos 18 disputados. Seu time ainda não levou gols nos sete jogos e decidirá nesta terça-feira a vaga para as quartas de final do torneio, contra o Huracán. Rueda ainda tem a experiência de duas Copas do Mundo na bagagem, mas o atual bom momento pode dificultar as conversas.

Nesta quinta-feira, pela Copa do Brasil, o time do Cruzeiro será comandado pelo auxiliar técnico Geraldo Delamore, que já está treinando a equipe desde a semana passada. A diretoria celeste não estipula nenhum prazo para a contratação de um novo professor, mas não esconde o desejo pelo acerto em breve com um novo nome.

“Estamos com uma lista de nomes que estamos estudando. Claro que em função dos campeonatos regionais e da Libertadores, muitos desses nomes estão empregados. Mas estamos trabalhando para anunciar um treinador o mais rápido possível”, completou Vicintin.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *