Últimas

Anúncio de roupa íntima da Calvin Klein causa polêmica nos EUA

Nova York, 12 Mai 2016 (AFP) – Um novo anúncio de roupas íntimas da Calvin Klein causou comoção nos Estados Unidos por conta de uma foto tirada debaixo da saia de uma mulher, focando suas partes íntimas.

A foto é da modelo Klara Kristin, de 23 anos, que veste uma roupa marfim e olha para a câmera, posicionada debaixo dela.

A foto da campanha, denominada “I flash in #mycalvins” (“Eu brilho na #minhacalvin), provocou uma onda de repulsa nas redes sociais e em outros locais.

“Calvin Klein faz marketing para pervertidos”, criticou o New York Post em sua manchete.

“@CalvinKlein, seu anúncio sexualiza garotas jovens. Nós #NãoVamosComprarIsto”, tuitou a conta Miss Representation, integrante do Projeto de Representação, que trabalha para combater os estereótipos e as injustiças sociais.

Segundo o Centro Nacional de Exploração Sexual, o anúncio representa uma forma de assédio sexual, denominada “up-skirting” – que é a prática de tirar fotos debaixo da saia das mulheres sem o conhecimento ou consentimento da mesma.

O centro lançou uma petição para que a marca “pare de normalizar e glamourizar o assédio sexual”.

Mas na tarde desta quinta, a foto continuava na conta do Twitter da Calvin Klein.

Os anúncio publicitários da Calvin Klein são frequentemente de caráter sensual, e algumas vezes exibem com características andróginas e muito jovens.

Em 1981, a atriz americana Brooke Shields, com 16 anos, posou num jeans apertado da Calvin Klein com as pernas abertas. Ela olhava para câmera e dizia, “Você quer saber o que tem entre mim e a minha Calvin? Nada”.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *