Últimas

Cavs atropelam Raptors e abrem 2 a 0 nas finais do Leste

Cleveland (EUA), 19 mai (EFE).- Em mais uma exibição de gala do ala LeBron James, que conseguiu um triple-double de 23 pontos, 11 rebotes e 11 assistências, o 15º de sua carreira nos playoffs, o Cleveland Cavaliers não tomou conhecimento do Toronto Raptors e bateu em casa a equipe canadense por 108 a 89, abrindo 2 a 0 na série de melhor de sete das finais da Conferência Leste.

Com a vitória, os Cavaliers se mantêm invictos na pós-temporada e chegaram a dez triunfos consecutivos nos playoffs, igualando a marca conseguida pelo San Antonio Spurs em 2012.

Assim, os Cavaliers se transformam na quarta equipe na história da NBA a conseguir dez vitórias seguidas na fase de playoffs, ao lado de Los Angeles Lakers (1989, 2001) e dos Spurs.

Além da marca da equipe, LeBron superou Shaquille O’Neal na lista dos maiores pontuadores nos playoffs da NBA com 5255 pontos. O ala dos Cavs ocupa agora quarta posição na lista, atrás apenas dos lendários Michael Jordan (5987), Kareem Abdul-Jabbar (5762) e Kobe Bryant (5640).

Os Cavaliers estão a duas vitórias de “varrer” os Raptors e tentam chegar às finais da NBA pela segunda temporada consecutiva. A equipe busca o título inédito de campeão para a franquia, o que encerraria um jejum de 52 anos na cidade de Cleveland, que não conquista nenhum título nas ligas profissionais dos EUA desde o triunfo do Cleveland Browns na NFL, a liga de futebol americano, em 1964.

Além do show de LeBron, os Cavs também contaram com o protagonismo do armador Kyrie Irving, cestinha da partida com 26 pontos, três assistências e quatro rebotes, e com o bom desempenho ofensivo do ala-pivô Kevin Love, que chegou a 19 pontos, cinco rebotes e três assistências.

O ataque eficaz dos Cavaliers não foi dificultado pela defesa dos Raptors, que mostraram grandes falhas no jogo coletivo. A equipe canadense também deixou mais uma vez em evidência a dependência de seus dois maiores pontuadores na temporada, Kyle Lowry e DeMar DeRozan, que não tiveram bom aproveitamento nos arremessos.

A franquia canadense, que entrou com o pivô argentino Luis Scola de titular, começou bem a partida e deu mostras de que hoje a história poderia ser diferente do jogo 1, mas só conseguiram manter o equilíbrio até meados do segundo quarto, com o placar empatado em 46 a 46. Após isso, os Cavs emplacaram uma sequência de 16 a 2 que deixou o triunfo encaminho para o segundo tempo.

Na volta do intervalo, os Cavaliers praticamente só administraram a vantagem construída no primeiro tempo, enquanto os Raptors encontravam dificuldades para voltar ao jogo e encostar no placar.

O cestinha do Toronto voltou a ser DeRozan, que somou 22 pontos, mas errou dez dos 18 arremessos de quadra que tentou. Lowry, por sua vez, foi ainda pior, com apenas dez pontos, com quatro bolas convertidas em 14 chutes.

Com 11 pontos cada, os reservas Corey Joseph, Terrence Ross e James Johnson completaram a lista de jogadores com números de dois dígitos do time canadense, enquanto o brasileiro Lucas ‘Bebê’ Nogueira entrou apenas nos minutos finais, quando a vitória dos Cavs já estava definida, e contribuiu com um rebote.

O terceiro jogo das finais do Leste acontece no próximo sábado, agora na cidade de Toronto, e os Raptors tentarão reverter o desempenho negativo diante de sua torcida no Air Canada Centre, onde também acontecerá o jogo 4.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *