Últimas

Celpe faz novo mutirão para recuperar dívidas

Os clientes com três contas mensais em atraso poderão procurar uma loja de atendimento da companhia. Foto: Eudes Santana/Divulgação
Os clientes com três contas mensais em atraso poderão procurar uma loja de atendimento da companhia. Foto: Eudes Santana/Divulgação

A alta da inadimplência acendeu a luz vermelha na Companhia Energética de Pernambuco (Celpe). Para recuperar as dívidas dos inadimplentes, a concessionária está lançando um mutirão especial de renegociação de débitos. O atrativo principal é o desconto de até 50% no montante da dívida nos pagamentos à vista. Os clientes com três contas mensais em atraso poderão procurar uma loja de atendimento da companhia entre segunda e sexta-feira da próxima semana para aderir a campanha. Dependendo do valor e do tempo de inadimplência, o débito poderá ser quitado em até dez parcelas, com 30% de sinal. Uma oportunidade de sair da inadimplência e limpar o nome na praça.

O mutirão será realizado nas cidades do Recife, Cabo de Santo Agostinho, Carpina, Paulista e Arcoverde. Os clientes inadimplentes deverão se dirigir às lojas de atendimento da Celpe com os documentos pessoais (CPF e Identidade). Aqueles que não possuem a titularidade do imóvel terão que apresentar o contrato de locação ou a escritura do imóvel. A equipe de atendimento fará a troca de titularidade da conta de luz antes de começar a negociação. Só poderão renegociar as dívidas os consumidores que possuem no mínimo três faturas mensais atrasadas. No último mutirão, a Celpe fechou mais de 5 mil negociações e recuperou quase R$ 11 milhões de dívidas.

O gerente de recuperação de crédito da Celpe, Luiz Paulo Marinho, explica que o desconto máximo de 50% do débito vai depender do perfil da dívida. Por exemplo: quem está devendo há mais de dois anos e não consegue sair da inadimplência poderá se enquadrar na condição especial, desde que pague à vista. “O objetivo é que esse cliente volte a ser adimplente e deixe de ser negativado.” Segundo ele, a inadimplência cresceu, em média, de 3% para 5% entre 2015 e 2016. A Celpe não informa o número de inadimplentes e o montante da dívida dos consumidores.

Marinho destaca que a Celpe está dando uma oportunidade de renegociação diferenciada. Em condições normais, as dívidas de fatura de luz são parceladas em até quatro vezes. O gerente da companhia lembra que os devedores estão sujeitos à suspensão do forncecimento de energia, conforme prevê a legislação do setor elétrico. O corte acontece após a tentativa de cobrança administrativa e a negativação do devedor. Quando a fatura de energia vence, o cliente recebe o aviso com o prazo de 15 dias para quitar a conta. Após esse prazo, a concessionária autoriza o corte. Marinho diz que a suspensão do fornecimento de energia atinge 2% do total de 3,5 milhões de clientes da companhia.

Serviço

Mutirão de negociação da Celpe
Período: 9 a 13 de maio
Locais: Lojas de atendimento da Celpe
Horários:  Em todas as unidades de segunda a quinta, entre 8h e 16h30, e sexta, entre 8h e 16h. Apenas em Arcoverde o horário é diferente:
entre 8h e 13

Endereços
Recife: Av. Conde da Boa Vista, nº 945 – Boa Vista
Cabo de Santo Agostinho: Rua Teixeira de Sá, nº 94 – Centro
Carpina: Av. Estácio Coimbra, nº 755 – Centro
Paulista: Av. Marechal Floriano Peixoto, nº 68 – Centro
Arcoverde Faculdade AESA: Av. Gumercindo Cavalcante, 420 – São Cristóvão

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *