Últimas

Com dois de André Lima, Atlético-PR atropela time do MT e vai à 3ª fase

Nada como uma vitória convincente depois de sofrer uma goleada na estreia do Brasileiro (4 a 0 contra o Palmeiras) para voltar a ganhar moral para a sequência da temporada. Foi o que fez o Atlético-PR na noite desta quarta-feira, na Arena da Baixada, onde 9.529 torcedores acompanharam a goleada de 5 a 0 sobre o Dom Bosco-MT, pela Copa do Brasil.

O resultado colocou o time paranaense na terceira fase do torneio nacional – os times haviam empatado o jogo de ida por 2 a 2, na Arena Pantanal. Agora, terá pela frente a equipe da Chapecoense, que eliminou seu rival Paraná depois de vitória de 2 a 0 na Arena Condá também nesta quarta-feira.

Mesmo sem Paulo André, Vinícius, Walter e Jadson, o Atlético-PR não teve trabalho e precisou de apenas 12 minutos para ficar em vantagem no placar. Hernani fez boa jogada e tocou para André Lima finalizar de esquerda, no cantinho, e marcar seu sétimo gol na temporada. 1 a 0.

Aos 30min, Marcos Guilherme quase fez, mas parou no goleiro Jefferson. Porém, no minuto seguinte, Pablo ampliou aproveitando ótimo cruzamento de Sidcley e mandando de cabeça para as redes. 2 a 0, placar que durou só quatro minutos, até o segundo de André Lima.

Em lance semelhante ao do segundo gol, desta vez foi Eduardo quem cruzou para o artilheiro, também de cabeça, marcar seu oitavo gol na temporada e o terceiro do Atlético-PR na partida.

Apesar de não pressionar tanto o rival na volta do intervalo, o quarto gol do time rubro-negro saiu naturalmente aos 14min. Hernani tabelou com André Lima e bateu cruzado da entrada da área. 4 a 0. Dois minutos depois, Pablo mandou uma bomba na trave e quase ampliou.

Já aos 29min, o Atlético-PR enfim – para alívio do Dom Bosco – fechou a conta na Arena da Baixada. Anderson Lopes, que havia entrado no intervalo na vaga de Nikão, foi derrubado dentro da área e acabou provocando a expulsão de Jean, que recebeu o segundo amarelo. O próprio Anderson Lopes foi para a cobrança e marcou o quinto gol do time de Paulo Autuori.

Protesto

A torcida rubro-negra aproveitou o intervalo da partida para protestar contra as cadeiras colocadas no setor das organizadas. “Ão ão ão, na eleição pede voto pro povão”, gritou parte dos aficionados, segundo relato da Rádio Banda B, de Curitiba.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *