Últimas

Confirmada a 12ª morte por H1N1 no estado

Um boletim da Secretaria Estadual de Saúde (SES) divulgado nesta quinta-feira informa a décima segunda morte relacionada a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SPRAG), em Pernambuco. Neste ano, tiveram confirmações para influenza A H1N1 as cidades: Recife (5), Caruaru (1), Jaboatão (1), Olinda (1), Palmares (1), Petrolândia (1), São Lourenço da Mata (1) e João Alfredo (1).

Segundo a SES, os óbitos que estão em investigação podem ter sido provocados pelo vírus sincicial respiratório, influenza (A H1N1, AH3 Sazonal, B e vários outros subtipos), parainfluenza (1, 2 e 3), e diversas bactérias, além de outros agentes etiológicos, como fungos.

Um total de 2,2 milhões de doses contra a gripe já foram distribuídas. Os números, segundo o òrgão, são suficientes para imunizar todo o grupo prioritário, formado por 2.095.962 de pessoas. A SES revelou em nota, que enviou aos municípios pernambucanos, até o início desta semana, todas as doses da vacina contra Influenza recebidas do Ministério da Saúde (MS).

Até a tarde desta quinta-feira, 1.617.877 de pessoas já foram vacinadas (77,1% do total) contra a gripe. A meta é imunizar, no mínimo, 80% do grupo prioritário. Em 2016, até 14 de maio, foram notificados 477 casos de SRAG, com 39 confirmações de influenza A H1N1.No mesmo período, em 2015 foram notificados 474 casos de SRAG, sem confirmação para influenza.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *