Cuca diz que conversou com Gabriel Jesus após Dunga optar por Lucas

Gabriel Jesus ficou fora da seleção brasileira que disputará a Copa América nos Estados Unidos. Na mesma tarde em que Dunga optou pelo atacante Lucas, do Paris Saint-Germain, o técnico Cuca disse que chamou o jovem atleta para conversar, a fim de deixá-lo com a cabeça tranquila.

“Não sei se vocês viram ou não, estava conversando com ele. Não tenho muito conhecimento da causa. Era um pré-convocado entre os 40, infelizmente não foi providenciado o visto. Quando foi pedido era feriado. Pelo o que eu entendi, era uma questão de emergência na seleção, então foi levado outro. Se ele foi pré-convocado, não vai ser o visto que vai tirar a convocação dele”, disse.

A ideia de Cuca é deixar Gabriel Jesus com o pensamento apenas na partida contra o Grêmio, nesta quinta-feira, no Pacaembu, em partida válida pela quinta rodada do Brasileiro.

“Ele tem de estar focado no Palmeiras, nesse jogo contra o Grêmio, e deixar que as coisas ocorram ao natural. Tudo tem seu tempo. Tenho um ditado que diz que “tudo que Deus faz é bom”. Ele é bom jogador, merecedor de ser chamado para a seleção. Daqui a pouco ele vai”, frisou.

Cuca ainda falou sobre o fato de o Palmeiras não perder o atacante de 19 anos nos jogos do Nacional —Gabriel Jesus deve disputar a Olimpíada do Rio, em agosto.

“Para o Palmeiras também é bom que ele vá para a Seleção. Sempre ajudei o Felipão no que eu podia. Quero poder ajudar o Dunga hoje e amanhã, quem quer seja. Sem me prejudicar, lógico, mas sempre servindo a nossa pátria. Que a gente possa colocar quanto mais jogador conseguirmos colocar lá, isso é sinal de que nosso trabalho está indo bem”, finalizou.

JULGAMENTO

Cuca será julgado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) nesta quinta-feira, às 21h. A denúncia aponta que o treinador fez uso de um ponto eletrônico na partida contra o Fluminense. Naquela ocasião, Cuca estava suspenso e o Palmeiras foi comandado por Cuquinha.

“Estou esperando a decisão. Eu estou trabalhando para ela. Estou tranquilo, não fiz nada. Se tiver alguma imagem que mostre que eu tive vantagem da regra, prejudiquei alguém, pode me punir sem problema nenhum. Se não tiver, seja feita justiça e pronto, não tenho nada a falar”, disse.


Fonte: Folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *