Últimas

Dani Alves: Garçom principal de Messi e melhor lateral da história do Barcelona

Depois de oito temporadas no clube catalão, brasileiro está muito próximo de se transferir para a Juventus

Às vezes não se dá valor ao que se tem até que se vá. Muitos torcedores do Barcelona criticam Dani Alves por alguns erros na defesa ou por sua travessia constante para o campo de ataque, mas muitas vezes esquecem suas virtudes e, quando ele for embora, podem perceber o quão brilhante ele era.

A passagem do lateral-direito pelo Barça está próxima do fim já que o brasileiro está perto de acertar um contrato de dois anos com a Juventus, da Itália.


GOALVEJA TAMBÉM: GOAL
Dani Alves perto da Juve | Pior Real supera melhor Barça | A recuperação de Messi


Daniel Alves chegou à Espanha em 2002 para defender o Sevilla. No clube rojiblanco, conquistou duas vezes a Copa da UEFA (2005/06 e 2006/07), bem como uma Copa do Rei, uma Supercopa espanhola e uma Supercopa da UEFA.

Seu bom rendimento despertou o interesse do Real Madrid. Dani Alves esteve próximo de se transferir para o Santiago Bernabéu, mas foi para o Barcelona por 30 milhões de euros. No clube catalão conquistou seis Ligas, quatro Copas do Rei, quatro Supercopas, três Champions League, três Supercopas Europeia e três Mundiais de Clubes.

De muitas maneiras, Alves redefiniu o papel de um lateral. Dada a liberdade pelo lado direito, ele foi quem mais deu assistências para o craque Lionel Messi, que nunca escondeu sua admiração pelo companheiro de equipe.

“Alves é o mlehor lateral do Mundo… É muito difícil encontrar um jogador como ele hoje”, declarou o argentino.

De fato. Embora seja do conhecimento geral que laterais brasileiros gostam de atacar bastante, Alves oferece muito mais que isso. Sua qualidade técnica faz com que ele se encaixe perfeitamente no sistema e na filosofia de jogo do Barça.

Dani Alves também melhorou defensivamente apesar de ainda cometer alguns erros que são recompensados pela sua fantástica contribuição em outras áreas do campo. O lateral teve um desempenho impressionante na segunda metade da temporada e teve papel fundamental na conquista de mais um Campeonato Espanhol do Barcelona.


Números de Dani: La Liga, Champions, Mundial de Clubes e Supercopa da UEFA (Dados de Opta Sports)

O brasileiro perdeu um pouco do seu rendimento fenomenal que atormentou os adversários em anos anteriores, mas segue se destacando quando o Barcelona está à procura de inspiração. A verdade é que ele já fez coisas impressionantes durante sua trajetória no Camp Nou.

Na equipe comandada por Pep Guardiola, Daniel Alves trouxe uma nova dimensão à defesa e muita qualidade ofensiva na ponta direita. Foi por esse lado, inclusive, que muitas vezes o brasileiro e Messi construíram inúmeras jogadas de gol.

“Sua contratação é uma notícia muito boa para o clube. Junto com Messi, se eles trabalharem juntos, teremos o melhor lado direito do mundo”, destacou Guardiola quando Dani Alves foi contratado.

Isso funcionou e ainda funciona maravilhosamente. Com Pep, Alves frequentava bastante a parte ofensiva da lateral, enquanto Eric Abidal jogava mais atrás do lado esquerdo e Sergio Busquets protegia a linha defensiva quando preciso. Atualmente, com Jordi Alba do outro lado, a ideia é parecida.


(Foto: Getty Images)

Fora de campo, Daniel Alves também é um personagem importante. Sempre alegre, o brasileiro é o coração e alma nos vestiários. Um jogador que tenta não levar tudo tão a sério e que se diverte fazendo o que mais gosta que é jogar futebol.

Daniel Alves também diz o que pensa. Ao longo dos anos, foram várias declarações polêmicas. Após o gol 400 de Messi pelo Barcelona no ano passado, o brasileiro enviou uma mensagem aos seus críticos.

“Quando eu me aposentar, será dito que o Messi foi o maior do futebol. E quem deu os passes para ele? Dani. Lá estará o meu nome”, afirmou.

E assim deve ser. Depois de oito temporadas brilhantes com a camisa do Barcelona, Daniel Alves merece ser lembrado não apenas como principal garçom de Messi, mas também como o melhor lateral que o clube já viu. Levará um longo tempo para que vejam outro como ele.


Dani: números do último título, a Copa do Rei



Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *