Últimas

Danilo entra para a história e engrossa lista de jogadores campeões da Champions e Libertadores

O lateral do Real Madrid começou a decisão no banco de reservas, mas entrou no segundo tempo e teve boa participação

Danilo não fez gol, nem deu assistências. Mas o título da Champions League, conquistado neste sábado (28) sobre o Atlético de Madrid, colocou o lateral-direito em uma lista seleta. O camisa 23 tornou-se o décimo atleta a ter levantado o principal torneio europeu de clubes e a Libertadores da América.

Em 2011, Danilo foi uma das principais peças do Santos no caminho para o título. O lateral marcou quatro gols naquela campanha, um deles na decisão contra o Peñarol. Com o título da Champions League, o jogador se une a Sorín, Solari, Dida, Roque Júnior, Cafu, Tévez, Samuel, Ronaldinho Gaúcho e Neymar.

Também de branco, Danilo conquistou a Libertadores em 2011… e marcou gol na final (Foto: Getty Images)

O primeiro a atingir tal feito foi Sorín. Em 1996, o argentino fez parte dos elencos de River Plate e Juventus, que reinaram em seus continentes. Também campeão pelo River naquele ano, Solari conquistou a Champions League pelo Real Madrid em 2001-02. O goleiro Dida conquistou a América pelo Cruzeiro, em 1997, e a Europa com o Milan, em duas ocasiões: 2002-03 e 2006-07.

Companheiro de Dida em 2003, Roque Júnior sentiu o gosto da Libertadores da América em 1999, com o Palmeiras. Cafu também esteve ao lado do camisa 1 em título europeu do Milan, mas foi na temporada 2006-07. No início de sua carreira, o lateral foi uma das peças usadas por Telê Santana no bicampeonato da Libertadores em 1992 e 1993.


GOALVEJA TAMBÉM: GOAL
Repercussão do título merengue | UCL: os brasileiros na decisão | Confira os memes pós-final!


Carlitos Tévez foi destaque no título de 2007-08 do Manchester United, mas já sabia o gosto de ter um continente aos seus pés. Em 2003, o atacante foi o grande herói do título do Boca Juniors sobre o Santos. Quem também triunfou com o Boca foi Walter Samuel, em 2000. Anos depois, o defensor levantaria a Champions League com a Internazionale de Milão.

Ronaldinho Gaúcho seguiu um caminho diferente: conquistou primeiro a Champions League e depois a Libertadores. Em 2005-06, R10 encantou o mundo com o clube catalão. Sete anos depois, em 2013, brilhou e entrou na história do Atlético-MG na épica conquista da América. Antes de Danilo, Neymar havia sido o último a entrar na lista. O camisa 11 do Barcelona conquistou a Champions em 2014-15 e foi companheiro de Danilo naquele Santos de 2011.

Números de Danilo na Champions League 2015-16


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *