Últimas

Diario Urbano: égua morta no Ibura é mais um animal vítima de maus tratos

Desde domingo, moradores do Ibura, Recife, se perguntam quais os limites da crueldade humana contra os animais. Quem imaginava ter se deparado com o pior reviu o pensamento ontem ao conhecer a história de uma égua encontrada morta na Rua Expedicionário Francisco Vitoriano. O animal era o mesmo visto sendo chicoteado pelas ruas no último domingo. Cansada, a égua puxava uma carroça. Sobre a carroça, oito pessoas. Era peso em excesso para um animal aparentemente faminto. A carga levou à inevitável queda em via pública. Tentaram reanimá-la sob pancadas, o que não não deu certo. Ela permaneceu imóvel. Certos da morte, no fim da tarde, alguns dos rapazes que estiveram na carroça arrancaram as proteções das pernas e dos cascos do animal. As proteções a essa altura devem estar em outro animal. Cavalos e éguas maltratados circulam rotineiramente pelo Recife. Lamentável é saber – pelo ranger da carrugem, ou melhor, da carroça – que o caso do Ibura se repetirá. E os autores ficarão impunes.

Resposta rápida
A velocidade com que a Emlurb recolheu a égua morta ontem pela manhã surpreendeu e agradou os moradores do Ibura. Foram duas horas e meia entre a solicitação, feita às 9h, e o recolhimento.

Grades do templo
Embora alguns critiquem do ponto de vista arquitetônico, as grades colocadas em frente da Igreja de São Sebastião, na Avenida Caxangá, no Cordeiro, se tornaram consenso no quesito proteção do patrimônio.

Donos das ruas
As vias públicas são dos carros a qualquer hora em San Martin. Na Rua Ourém, a prova dos nove está até nas noites e madrugadas, quando os veículos “dormem” dos dois lados da rua porque os donos não têm garagens.

Fruto asiático
Vendido como remédio para muitos males, o noni, fruto oriundo da Ásia e da Polinésia, se espalha pelos canteiros da Avenida Fernando Simões Barbosa, em Boa Viagem. Árvores pequenas já frutificam.

Queixa atendida
Passageiros da linha 197, Cabo/Ipojuca, reclamaram e foram ouvidos. Grande Recife Consórcio de Transporte reviu a suspensão da linha nos fins de semana, quando seria substituída pela 198, Ipojuca/TI Cabo.

Maquetes táteis
Estão sendo construídas três maquetes táteis do Memorial da Justiça de Pernambuco. As peças devem ficar prontas em julho, quando pessoas com deficiência poderão fazer visitas guiadas ao centro, no Bairro do Recife.

Vai ao Fusca
Em resposta à coluna, a CTTU prometeu enviar uma equipe para verificar a situação do Fusca abandonado na Avenida do Forte, em frente ao imóvel 193. O carro está emplacado mas o proprietário desapareceu.

Promete fiscalizar
Responde ainda a CTTU, relativo a áreas demarcadas por flanelinhas e por estacionamento nas calçadas, que intensificará fiscalização na Rua Capitão José da Luz, Ilha do Leite. Que a presença dos fiscais seja diária.

Outdoor popular
Muros de Casa Amarela vão além de dividir e proteger imóveis. Em pontos de grande circulação de pedestres, eles são transformados em outdoors populares. Divulgam de apresentações culturais a aluguel de casas.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *