Últimas

Dilma autoriza, e multa para quem usa o celular dirigindo dispara

A presidente Dilma Rousseff sancionou nesta segunda-feira mudanças no Código Brasileiro de Trânsito (CTB) para endurecer as punições previstas para quem cometer infrações no trânsito. O valor das multas de trânsito será reajustado em até 66%. A medida entra em vigor em novembro.

Com a pena financeira maior, a infração para quem estiver manuseando ou falando ao telefone enquanto dirige será de R$ 293,47, e não mais de R$ 85,13. O valor leva em conta o percentual de aumento no valor da multa e o fato de que essa infração em específico irá passar a ser considerada “gravíssima” e não mais “média”, outra mudança sancionada em Brasília.

As alterações no CTB também aplicam aumento de 66% nas infrações “leves”, que passam de R$ 53,20 para R$ 88,38. A infração “média” sobe 52%, de R$ 85,13 para R$ 130,16. Já as “graves”, que também tiveram alta de 52%, sobem de R$ 127,69 para R$ 195,23. As “gravíssimas” irão aumentar 53%, e passam de R$ 191,54 para R$ 293,47.

Outros aumentos estão relacionados às multas consideradas mais pesadas, que levam caracterizam-se por infrações gravíssimas com multiplicador de dez vezes. Com isso, o valor de uma infração pode chegar até R$ 2.934,70 para motoristas que, por exemplo, estejam disputando rachas ou que se recusem a fazer testes para provar o consumo de drogas ou álcool durante a condução.

Fonte: Olhar Digital
Matéria originalmente postada no site olhardigital.uol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *