Dínamo de Moscou luta para evitar rebaixamento na última rodada

Moscou, 18 mai (EFE).- Um dos clubes mais tradicionais e de maiores torcidas da Rússia, o Dínamo de Moscou tentará evitar neste fim de semana, quando será disputada a última rodada do Campeonato Russo, o primeiro rebaixamento de sua história.

Com 25 pontos, o Dínamo está em 14º e antepenúltimo lugar, com 25 pontos, assim como o 13º colocado Anzhi, mas leva a pior no número de vitórias – tem uma a menos. Se a competição terminasse hoje, ambos os times iriam para os playoffs contra as equipes que terminaram em terceiro e quarto lugares na segunda divisão para brigar por duas vagas na elite.

Mas o risco de queda do Dínamo vai além. Isso porque, nas duas últimas posições, que levam diretamente ao rebaixamento, o Ufa e o lanterna Mordovia Saransk têm 24 pontos. Ou seja, dependendo dos resultados, o Dínamo pode até acabar o campeonato em último.

O único time que os quatro últimos podem superar na rodada derradeira é o Kuban Krasnodar, que soma 26 pontos e vai visitar o oitavo colocado Ural, que já não tem mais chances de se classificar para uma das competições continentais e apenas cumprirá tabela.

O Dínamo receberá o Zenit, do atacante brasileiro Hulk, terceiro colocado e que garantiu vaga na Liga Europa. Por sua vez, o Anzhi vai duelar fora de casa com o Krylya Sovetov, nono colocado e sem aspirações, assim como o rival e anfitrião do Mordovia Saransk, o Lokomotiv Moscou (6º). Já o Ufa será o mandante do confronto com o quinto colocado Spartak Moscou.

O russo Igor Kolivanov, ex-jogador do Dínamo, afirmou nos últimos dias que um rebaixamento inédito da equipe seria uma surpresa ainda maior que a conquista do título do Campeonato Inglês pelo Leicester. EFE

io/phg-id

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *