Últimas
fernando

Diniz pede que jogadores ouçam dono do Audax-SP antes de saírem

A boa impressão causada pelo Audax-SP no Campeonato Paulista neste ano chamou a atenção principalmente de outros clubes, que mesmo antes da final da competição já estão de olhos em possíveis reforços vindos do clube de Osasco. Mas, restando ainda o segundo jogo da decisão entre Audax-SP e Santos, o técnico do pequeno clube mandou um recado para seus comandados, e se incluiu nele. Fernando Diniz pediu que os jogadores ouçam primeiro o que tem a dizer o investidor do clube, Mário Teixeira.

– Por ora, não ouvi ninguém e nem vou ouvir até o final do campeonato. Têm alguns jogadores que estão sendo sondados, até muita gente de times grandes já me ligou para saber de cinco, seis jogadores, e é natural. Agora, a gente tem que ouvir seu Mário primeiro, não custa ouvir o que ele tem para propor em termos de futuro, depois cada um decide – afirmou o técnico no Bem, Amigos!

Na semana passada, o meia Tchê Tchê foi um dos jogadores mais comentados do Audax. Ele acertou transferência para o Palmeiras e recebeu bronca pública de Mário Teixeira. Fernando Diniz viu com normalidade o interesse de grandes clubes por jogadores do Audax, mas citou que a bronca do “seu Mário” foi em função da atuação dos empresários.

– Esse que é o problema que ele ficou irritado com o negócio do Palmeiras. Podia esperar como outros, como muita gente que me ligou, inclusive do Santos que tem interesse mesmo no Yuri. Se ele jogar bem vai ter Santos, Palmeiras… Yuri tem interesse de times de Portugal, e é super tranquilo. E cai naquela questão de você desenvolver bem as relações com os jogadores, porque tudo que está acontecendo na vida de todo mundo, e na minha inclusive, foi por conta da construção do time. Isso é uma coisa de moral, vamos ficar com o time e preservar o time até o final. Esse time foi assim ontem e, independente do resultado do jogo (do próximo domingo), a gente vai jogar pelo time que construímos ao longo do semestre.

O treinador ainda elogiou a atuação de Mário Teixeira à frente do investimento no Audax-SP.

– É uma pessoa que o futebol precisava mais, uma pessoa apaixonada por futebol. Assiste jogo do sub-11 ao profissional. Ele não está no futebol para ganhar dinheiro. Ele fala que se ganhar dinheiro do futebol quer devolver ao futebol.

Após o 1 a 1 no primeiro jogo, em Osasco, Santos e Audax-SP jogam no próximo domingo na Vila Belmiro. Em caso de novo empate, o título será decidido nos pênaltis, e se houver um vencedor fica com a taça do Paulistão.

Fonte – Globo Esporte

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *