Direção do CRB anuncia que torcedores poderão usar camisas do Galo nesta quarta

Entrada havia sido proibida, após recomendação do MPE; Alvirrubro enfrenta o Vasco da Gama no Rei Pelé

 

Após a polêmica causada pela decisão de proibir torcedores do CRB de vestirem a camisa do Galo durante a partida contra o Vasco da Gama, nesta quarta-feira (11), pela Copa do Brasil, a diretoria alvirrubra anunciou nesta madrugada, em redes sociais, que a Federação Alagoana de Futebol (FAF) voltou atrás e liberou a utilização do uniforme.

No entanto, está proibida a entrada com camisas de torcidas organizadas. A decisão tem como motivo, sobretudo, a confusão envolvendo torcedores do CSA e CRB no último domingo, após a final do Campeonato Alagoano. Torcedores dos dois clubes se confrontaram dentro de campo após o apito final, o que resultou em cinco feridos.

Conforme a página oficial do CRB, o presidente do clube, Marcos Barbosa, participou de uma reunião com o presidente da FAF, Felipe Feijó, para falar sobre a proibição.

RECOMENDAÇÃO

As Promotorias de Justiça do Juizado do Torcedor e de Defesa do Consumidor da Capital recomendaram, nessa terça-feira (10), que a partida entre as equipes CRB e Vasco tivesse torcida única. O jogo acontece hoje no Estádio Rei Pelé, às 21h45. 

Segundo o procedimento do Ministério Público, o acesso ao local deveria ocorrer de forma descaracterizada ou exclusivamente com o porte de símbolos, bandeiras e camisas da equipe do Vasco da Gama. A mesma medida deveria ser observada pela FAF na primeira partida que o CSA venha a disputar no Estádio Rei Pelé. 

Para a adoção do procedimento, os promotores de Justiça Sandra Malta Prata e Max Martins consideraram que o torcedor tem direito à segurança nos locais onde são realizados os eventos esportivos antes, durante e após a realização das partidas.

 

Por Gazetaweb

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *