Últimas

Dólar cai 0,87% e fecha a R$ 3,54, após duas altas e sem atuação do BC

O dólar comercial fechou esta quarta-feira (4) em queda de 0,87%, cotado a R$ 3,54 na venda, após duas altas seguidas. 

Na véspera, o dólar havia avançado 2,33%. Na semana e no mês, o dólar acumula alta de 2,9%. No ano, a moeda ainda tem desvalorização de 10,33%.

Ajuste após a alta

O dólar havia subido quase 4% nas últimas duas sessões e, portanto, o dia de hoje foi de ajuste, segundo analistas. 

“(O dólar) deu uma puxada um pouco mais forte do que se esperava e está corrigindo… A tendência ainda é de desvalorização”, disse o gerente de câmbio da corretora Fair, Mário Battistel, à agência de notícias Reuters.

Sem atuação do BC

Também influenciou o dólar a falta de atuação do Banco Central no mercado de câmbio. Após as recentes valorizações, o BC não anunciou para esta sessão leilão de swap cambial reverso, equivalente à compra futura de dólar.

A percepção de muitos operadores é que o BC não quer o dólar abaixo de R$ 3,50 para não prejudicar as exportações brasileiras e estaria confortável com o atual nível.

Por isso, atuou com força no final da semana passada e no início desta, após o dólar fechar abaixo de R$ 3,45.

Crise política

Os investidores continuam de olho no cenário político, diante do iminente afastamento temporário da presidente Dilma Rousseff na próxima semana, pelo Senado.

Se concretizado, o vice Michel Temer assume o comando do país, e já sinalizou que o ex-presidente do BC Henrique Meirelles, nome que agrada o mercado, será seu ministro da Fazenda, com liberdade para fazer mudanças no Banco Central.

Na véspera, Temer disse em entrevista que, caso assuma a Presidência, pretende apresentar de imediato medidas econômicas que tenham um impacto positivo para o país.

(Com Reuters)

Mais sobre Bolsa e dólar

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *