Egito se despede das vítimas da queda de avião da Egyptair

Cairo, 23 mai (EFE).- Centenas de pessoas se despediram nesta segunda-feira das 66 vítimas do avião da Egyptair que caiu na última quinta-feira no mar Mediterrâneo, em cerimônia oficial em uma mesquita do Cairo, capital do Egito, com a presença de representantes do governo e da companhia aérea .

A cerimônia, organizada pelo Ministério da Aviação Civil, aconteceu na mesquita do Marechal Tantawi, nos arredores da capital egípcia. Representantes da Egyptair, pilotos e assistentes de voo se juntaram aos familiares e amigos das vítimas durante a homenagem.

Perto do templo foi formado um forte esquema de segurança, com diversos agentes espalhados pela principal estrada que liga a mesquita ao Centro da cidade.

No último domingo, foi celebrada uma missa na Catedral do Cairo pelos nove cristãos que perderam a vida na tragédia. Os corpos dos 56 passageiros, sete tripulantes e três agentes de segurança do voo MS840 ainda não foram retirados do mar.

Em meio a uma grande expectativa por parte da imprensa local e internacional, as famílias das vítimas se mantiveram nos últimos dias afastadas da mídia.

A maior parte das vítimas era egípcia – 30 pessoas -, além de 15 franceses e outras pessoas de várias nacionalidades, principalmente de países africanos e árabes.

Nenhum grupo terrorista reivindicou ser o responsável pela queda do Airbus A320.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *