Últimas

Em assembleia, metroviarios aprovam estado de greve

Os metroviários se reuniram em assembleia nesta terça-feira, na Estação Central, e decidiram pelo estado de greve. A categoria vai realizar assembleia na próxima quinta-feira para decidir se deflagra ou não a greve, podendo paralisar as atividades na segunda-feira, caso não entrem em acordo. Por enquanto, o serviço segue sem interrupção.

O assessor do Sindicato dos Metroviários de Pernambuco (Sindmetro-PE), André Justino, explicou que a classe seguirá os trâmites judiciários e não vai cruzar os braços até nova reunião. “O funcionamento do serviço será normal até uma possível deflagração, na quinta-feira. O movimento acontece de forma nacional, em seis estados e é preciso aguardar o que será decidio em Brasília”.

Os metroviários pedem aumento de 10,25%, que representa a reposição inflacionária, enquanto a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) ofereceu 5,5% com cortes de benefícios. O Sindmetro-PE aderiu ao Dia Nacional de Paralisações, de apoio à presidente Dilma Rousseff.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *