Entenda por que algumas pessoas continuam acessando o WhatsApp – e você não

Em entrevista ao Olhar Digital nesta segunda-feira, o presidente da Sercomtel, Christian Schneider, afirmou que a operadora não foi notificada para bloquear o WhatsApp porque não tem atuação em Sergipe, estado onde corre a ação judicial que determinou a suspensão do serviço de mensagens durante 72 horas.

Ao que explica, todas as operadoras que não fornecem serviços na região não receberam qualquer notificação da Justiça solicitando o bloqueio do aplicativo. “Seria como solicitar que uma operadora de outro país bloqueasse o serviço. Não faz sentido”, explica Schneider.

O argumento ganha mais força com o fato de que outras empresas que também não operam na região também continuam imunes a ação protocolada pelo juiz Marcel Montalvão, da cidade de Lagarto (SE).

A reportagem conseguiu confirmar que as operadoras Algar e Porto Seguro Conecta, por exemplo, estão liberadas para oferecer o uso do aplicativo.

Leia também:

Fonte: Olhar Digital
Matéria originalmente postada no site olhardigital.uol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *