Últimas

Estado abre Mesa de Negociação e recebe representantes do Sindapen

Secretários do Planejamento e da Ressocialização estiveram reunidos com lideranças do Sindapen

Texto de Igor Gouveia e Victor Costa

O diálogo e a transparência foram alguns dos pontos fundamentais da reunião entre o Governo do Estado e o Sindicato dos Agentes Penitenciários de Alagoas (Sindapen), realizada nessa terça-feira, 10. O encontro, mediado pelo secretário do Planejamento, Gestão e Patrimônio, Christian Teixeira, contou com a presença do secretário de Ressocialização, tenente-coronel PM Marcos Sérgio de Freitas, e aconteceu na Mesa de Negociação Permanente do Governo. 

 

Na ocasião, os representantes do Sindapen/AL, responsáveis por promover a ordem e disciplina no sistema prisional alagoano, expuseram suas reivindicações através de uma pauta, entregue ao titular da Seplag. 

 

Assuntos como aumento do piso salarial, extensão do adicional de periculosidade a todos os agentes, bem como o pedido de um cronograma para realização de um concurso público para a categoria, foram pontuados durante a reunião.

 

Para Christian Teixeira, apesar de justa, a reivindicação dos servidores precisa ser tratada com cautela. Ele explica que, atualmente, a conjuntura econômica é um dos aspectos que devem ser levados em conta para a resolução das demandas da categoria. 

 

"Temos consciência que é preciso avançar em muitos aspectos para que uma nova Alagoas seja, de fato, construída. Por isso, ao longo dos últimos 15 meses, temos insistido no diálogo com os servidores públicos alagoanos. Entendemos que um de nossos compromissos é manter um canal aberto com o funcionalismo público. É preciso que façamos tudo com planejamento e consciência para evitar que problemas maiores sejam criados", pontuou Teixeira. 

 

Para o presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários, Kleyton Bertoldo, o canal de negociação é fundamental para chegar a um entendimento entre os servidores e o Estado. 

 

“Agradeço a transparência e vontade dos secretários para tratar as reivindicações da categoria. Vamos estudar as propostas e levar a situação para que seja discutida durante Assembleia Geral com a categoria. Entendemos que a paralisação dos serviços é ruim para todos”, avalia o sindicalista.

 

A expectativa, de acordo com a assessoria especial de Relações Sindicais da Seplag, é que questões pontuais tratadas no encontro sejam sanadas brevemente. Uma nova reunião entre categoria e governo ficou marcada para o próximo mês. 

 

 

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *