Últimas

"Estava me sentindo cansado", diz Thiaguinho sobre saída do "Música Boa"

Aos 33 anos, Thiaguinho já provou que é um fenômeno do pagode desde que assumiu o vocal do Exaltasamba, em 2003. A partir de 2012, o cantor decidiu seguir carreira solo e emplacou vários sucessos em seu primeiro DVD, “Ousadia & Alegria”. Neste meio tempo, ele já virou apresentador de TV, fez participação em novelas, foi jurado do “Superstar” e agora lança seu novo DVD “VamoQVamo”, gravado no Rio de Janeiro. Ufa! Thiaguinho não para, mas, desde que foi internado, em 2013, por conta de uma tuberculose pleural, o artista conta que sentiu necessidade de desacelerar um pouco, já que a doença pode ter sido desencadeada por estresse, que diminui a imunidade.

“Foi algo que marcou muito minha vida. Depois que tive o problema de saúde, passei a pensar mais no Thiago, antes de pensar nesta correria toda de trabalho. A gente tem que se cuidar também. Esse ano cheguei a conclusão de que precisava dar um tempo do [programa do Multishow] ‘Música Boa Ao Vivo’, era muita coisa. Já estava me sentindo cansado de novo. Você sai de um show às 4h e às 7h já tem que pegar o avião para outra cidade, fica sem dormir, sem comer. E eu não quero chegar de novo no ponto de querer parar”, explicou ele ao UOL.

Anderson Borde /AgNews

Thiaguinho e a mulher, Fernanda Souza

Com uma vida profissional agitada, o artista viaja com turnê do projeto “A Gente Faz a Festa” – ao lado de Péricles e Chrigor – e diz que está numa ótima fase de sua vida. Casado há pouco mais de um ano com a atriz Fernanda Souza, Thiaguinho presta uma homenagem à mulher no DVD ao cantar “Mulher da Minha Vida”. 

“Ela é a mulher da minha vida, óbvio, mas a música não é minha, é do grupo Kiloucura, e a gente fez essa brincadeira. No DVD aparece a mulher da minha vida e também a de alguns amigos, como a do Thiago Martins”, explica o artista, que além de músicas inéditas, canta sucessos do Só Pra Contrariar, Os Morenos e Art Popular.

A crise econômica também reflete na música e Thiaguinho explica que, apesar de ainda não se sentir afetado diretamente, o mercado tem estratégias para driblar o atual momento do país.

“A crise reflete em todos os sentidos, principalmente quando você fala em entretenimento. Não posso reclamar em relação a isso. Preocupa no sentido geral da coisa, pensando em novos artistas, em fazer shows, nas gravadoras apostarem em artistas novos, isso prejudica bastante. Vai reduzir o número de artistas, reduz o número de sonhos que podem ser realizados. O mercado tem que se adequar com ingressos mais baratos, festas menores”, esclarece.

Anderson Borde /AgNews

Thiaguinho faz um pocket show no lançamento do seu novo DVD VamoqVamo

O DVD “VamoQVamo”, gravado na Ilha da Coroa, no Rio de Janeiro, chega às lojas no dia 2 de junho e conta com participações especiais de Belo, Maria Rita, Péricles, Lucas Lucco e Toni Garrido.

“O Toni apresentava o ‘Fama’, que me revelou, e desde lá sempre foi muito positivo, era o cara que me dava ânimo. Eu tinha 19 anos e o Toni foi muito importante. Neste DVD estou bem mais à vontade no palco. O lance de apresentar o ‘Música Boa’ me fez aprender a me comunicar melhor com outros artistas”, diz.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *