Estoque de sangue do Hemope está praticamente zerado

O aumento dos casos de doenças relacionadas ao mosquito Aedes aegypti influenciaram  negativamente o estoque de sangue do Hemope. A ocorrência de arboviroses, dengue, chikungunya e zika, fez com que os números de doações em fevereiro e março tivessem queda de aproximadamente 30%, deixando o estoque praticamente zerado.

O Hemope está fazendo um apelo para que voluntários façam doações de sangue. De acordo com a diretora da Hemoterapia do Hemope, Anna Fausta, caso não exista um aumento significativo nas doações é provável que a liberação de sangue para cirurgias dos grandes hospitais do Recife sejam canceladas.

Para doar sangue é necessário ter entre 16 e 69 anos, peso mínimo de 50 quilos e estar com documento de identificação com foto. Menores de 18 anos precisam de autorização do responsável legal e a presença do pai ou da mãe durante o tempo da doação. Para receber doadores, o Hemope funciona de segunda a sábado e feriados, das 7h15 às 18h30.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *