Últimas

Estupro coletivo no Rio ganha destaque na imprensa internacional

O caso da adolescente de 16 anos que foi estuprada por 30 homens e teve as imagens da violência publicadas nas redes sociais no Rio de Janeiro virou destaque na imprensa internacional nesta sexta-feira. A notícia foi divulgada no Canadá, Inglaterra, Índia, Austrália, Estados Unidos e em Israel, entre outros países.

Além de falar sobre o caso, os jornais expressam uma preocupação com uma “cultura do estupro” no país, ainda mais com a Olimpíada dentro de três meses, e comentam a repercussão do crime entre a própria população brasileira. 

Repercussão

O canadense The Globe and Mail abre a reportagem com as mensagens dos suspeitos no Twitter e afirma que o crime aconteceu em meio a um cenário que ativistas chamam de favorável ao estupro. Ele cita também a visita na quarta-feira do ator Alexandre Frota ao ministro da Educação, Mendonça Filho. Frota “já afirmou repetidamente que não teria problemas em ter relações não consentidas com uma mulher”, segundo o jornal. 

Por fim, aborda a crescente violência no Rio de Janeiro com a chegada da Olimpíada e o episódio em que o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) teve de pagar uma indenização de R$ 10 mil para a deputada Maria do Rosário (PT-RS) no ano passado após dizer que “ela não merece (ser estuprada) porque ela é muito ruim, porque ela é muito feia”.

A BBC, do Reino Unido, disse que o vídeo nas redes sociais chocou o Brasil, mas, antes de seu autor ter a conta bloqueada, foi largamente compartilhado com comentários misógenos. A BBC e a concorrente ITV, também do Reino Unido, mostraram que esse novo caso gerou uma campanha com a hashtag “EstuproNuncaMais”.


Fonte: Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *