Ex-campeão do UFC, BJ Penn cai no doping e tem luta de retorno cancelada

O UFC anunciou que BJ Penn foi pego no exame antidoping. O lutador voltaria da aposentadoria no UFC 199, em 4 de junho, contra Cole Miller, mas foi retirado do duelo. Ele foi o primeiro a ser flagrado por causa de uso de soro intravenoso.

“Penn fez uso de um método proibido: o uso de 50ml de soro intravenoso no período de seis horas, em 25 de março, fora do período de competição”, diz a nota oficial do UFC.

O Ultimate anunciou que um novo adversário será escolhido para enfrentar Cole Miller.

Em seu portal, o “BJPenn.com”, o ex-campeão do UFC disse ter informado voluntariamente a USADA sobre o uso intravenoso de soro e que não tinha conhecimento da nova regra. 

“Voluntariamente informei a USADA que, durante um período fora de competição, precisei da administração de soro intravenoso por um médico. As regras para o uso de soro intravenoso mudaram desde a minha última luta pelo UFC e eu não estava ciente dessa mudança e voluntariamente informei a USADA. Eu não fazia ideia de que o soro intravenoso estava banido 365 dias por ano. Em nenhum momento da minha carreira nas artes marciais mistas eu fiz uso de doping e antecipo que todos os resultados dos testes feitos pela USADA voltarão limpos. Vou trabalhar com o UFC para esclarecer isso e voltar a lutar o quanto antes”.

Desde 1º de outubro de 2015, a Agência Antidoping dos EUA (USADA), na política antidoping do UFC, proibiu o uso de soro intravenoso em quantidade acima de 50 ml para reidratação dos lutadores. A atitude causou muita polêmica, com José Aldo chegando a criticar publicamente a decisão.

“A proibição prejudica não só eu, como todos os atletas, principalmente os que perdem muito peso. Mas é só falar que está mal, vai para o hospital e toma o soro de qualquer jeito, depois você volta”, afirmou em julho de 2015, antes de a política ser posta em prática. O brasileiro, inclusive, chegou a dizer que seguiria fazendo uso, mas posteriormente se desculpou, de acordo com Jeff Novitzky, vice-presidente de Saúde e Performance dos Atletas do Ultimate, em agosto, durante entrevista ao podcast do comentarista do UFC, Joe Rogan.

Ex-campeão dos leves, BJ Penn se aposentou em julho de 2014, depois de ser nocauteado por Frankie Edgar. Antes disso, o norte-americano colecionava derrotas seguidas para Nick Diaz e Rory MacDonald.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *