França: belga é condenada a sete anos de prisão por congelar bebê

Carcassonne, França, 20 Mai 2016 (AFP) – A belga Nathalie De Mey, de 32, foi condenada a sete anos de prisão por um tribunal de Aude, no sul da França, nesta quinta-feira, por ter congelado seu bebê.

Formado apenas por mulheres, o júri popular reconheceu que a acusada sofreu uma alteração em seu estado de discernimento.

No julgamento, a ré admitiu que congelou o bebê em 2 de fevereiro de 2011 para “não lhe causar mal”.

Mãe de duas filhas pequenas, Nathalie contou que deu à luz sozinha, após uma gravidez sem supervisão e durante a qual bebeu álcool.

“Quando me dei conta de que estava grávida, tentei encontrar uma solução com uma assistente social, mas já era tarde demais”, afirmou.

A acusada descreveu como deu à luz no banheiro e, depois, colocou o bebê no congelador, coberto com uma manta. O corpo foi descoberto por acaso três meses depois pelo pai de uma das outras duas filhas da mulher.

cor-chv/rz/tt/lr

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *