Últimas

Giro UOL traz os destaques da manhã desta sexta, 13/05, para você; ouça

A primeira reunião 

O presidente da República em exercício Michel Temer reúne hoje a equipe ministerial para uma primeira reunião no Palácio do Planalto.

De acordo com os novos ministros Romero Jucá, do Planejamento, e Mendonça Filho, da Educação e Cultura, o encontro vai ser para Temer passar as primeiras orientações, e deve reunir os 24 ministros do primeiro escalão.

Leia mais

Estado menor e mais PPPs 

No primeiro pronunciamento no cargo, o presidente interino Michel Temer defendeu as parcerias público-privadas como forma de combater a crise econômica do país. Nessas parcerias, governo e empresas atuam juntas para construir infraestrutura.

A contrapartida para as empresas é explorar os serviços por um período longo, definido em contrato.

Leia mais

Sem legitimidade 

O ex-ministro do STF Joaquim Barbosa criticou ontem a forma como foi realizado e conduzido o processo de afastamento de Dilma Rousseff (PT), porque excluiu a participação ou a consulta ao povo.

Para ele, o impeachment de Dilma é ‘destituído de legitimidade profunda’: ‘Do ponto de vista puramente legal, está tudo certo, mas não é assim que se governa um país. Isso precisa de nós, o povo’.

Leia mais

Ministros investigados 

Depois de cogitar um ‘ministério de notáveis’, com intelectuais e especialistas nas respectivas áreas, o presidente em exercício Michel Temer (PMDB) anunciou uma equipe com candidatos que não tiveram voto suficiente nas últimas eleições, suspeitos de cometer crimes e velhos conhecidos dos governos Dilma, Lula e Fernando Henrique Cardoso.

Ao menos três dos 23 novos ministros são alvos da operação Lava Jato: Romero Jucá (Planejamento), Geddel Vieira (Secretaria de Governo) e Henrique Eduardo Alves (Turismo). Com a posse, Geddel e Henrique Eduardo vão ter os casos remetidos do juiz Sérgio Moro para o STF.

Leia mais

Do STF para Moro 

Com o afastamento de Dilma Rousseff e a consequente exoneração dos colaboradores, cinco ex-ministros sob investigação na Lava Jato podem ser investigados e processados na Justiça Federal de Curitiba, sob os cuidados do juiz Sérgio Moro.

Essa hipótese só não se confirma se o ministro relator no STF dos casos relativos à Lava Jato, Teori Zavascki, decidir que eles podem continuar sendo investigados no Supremo porque estariam relacionados a fatos investigados no tribunal.

Leia mais

Férias? 

A presidente afastada Dilma Rousseff pretende embarcar hoje para Porto Alegre, para descansar dos últimos e exaustivos dias que passou no Palácio do Planalto.

Dilma quer passar o fim de semana e até estender a estada por mais um ou dois dias na capital gaúcha, em companhia da filha, Paula, e dos dois netos. 

Leia mais

Show de Fred e Scarpa 

Em noite inspirada de Fred e Gustavo Scarpa, o Fluminense venceu a Ferroviária em Volta Redonda (RJ) por 3 a 0 e se classificou para a terceira rodada da Copa do Brasil.

O tricolor carioca espera agora o vencedor do duelo entre Aparecidense, de Goiás, e Ypiranga, do Rio Grande do Sul, para conhecer o adversário na próxima fase do torneio. Na partida de ida entre as equipes, o Ypiranga venceu por 3 a 1 em Erechim (RS).

Leia mais

“Só falo com a Globo”

Depois de encontro com os técnicos da Série A na última semana, a CBF anunciou que atendeu a alguns dos pedidos para a disputa do Campeonato Brasileiro.

Entre as mudanças, está a limitação de entrevistas no intervalo dos jogos às detentoras dos direitos de transmissão, que terão à disposição no máximo um minuto com um jogador de cada equipe. Com a desistência da TV Bandeirantes em transmitir partidas, apenas a Globo passará os jogos na televisão aberta.

Leia mais

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *