Últimas

Google Car vai colar pedestres atropelados no capô

O Google patenteou uma tecnologia que irá fixar as pessoas no capô do seu carro autônomo, caso ele acidentalmente atropele alguém.

De acordo com o The Mercury News, uma camada adesiva deve revestir a frente do veículo. Mas o documento indica que essa camada ainda seria coberta por outro material que não fosse pegajoso e, assim, que batesse em alguém, a camada externa seria removida, expondo a cola.

A intenção de colar a vítima no carro é para impedir que ela sofra outras lesões ao cair, ou bater no para-brisas.

O Google não é a primeira empresa a pensar na proteção dos pedestres em casos de acidente. Alguns modelos da Jaguar jogam o capô para cima em alguns centímetros para poder absorver o impacto da pessoa, enquanto o V40 da Volvo tem uma espécie de airbag externo ao longo de todo para-brisa.

A companhia lembra que a patente não é uma garantia de que tem produto novo chegando ao mercado. Além disso, o especialista em carro autônomo da Stanford, Bryant Walker Smith, lembra que a ideia é boa, mas precisa ser melhor trabalhada.

“Se você tiver um pedestre preso em um carro que, em seguida, colide com outra coisa, é algo pior do que se o pedestre fosse atirado para o lado ou jogado para cima do carro”, afirma.

Segurança
O Google reconhece em sua patente que é inevitável que os carros sem motoristas atinjam alguns pedestres até que a tecnologia esteja totalmente desenvolvida. Vale lembrar que no início do ano o Google Car bateu em um ônibus em Mountain View.

Fonte: Olhar Digital
Matéria originalmente postada no site olhardigital.uol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *