Últimas

Google oferece US$ 600 mil em bolsas para estudantes da América Latina

O Google abre nesta quinta-feira, 5, as inscrições da edição de 2016 do “Bolsas de Pesquisa Google para a América Latina” programa de bolsas que tem como objetivo identificar e apoiar pesquisadores da região que desenvolvam pesquisas em Ciência da Computação e áreas relacionadas.

O programa, que teve sua primeira edição em 2013, oferece apoio a duplas de pesquisadores: estudantes de mestrado ou doutorado e seus professores. Os dois recebem uma bolsa mensal para dar continuidade a seus projetos. Esta edição deve distribuir bolsas que somadas alcançam os US$ 600 mil.

Os contemplados receberão bolsas mensais de US$ 1,2 mil (estudante) e US$ 750 (orientador), em caso de doutorado e US$ 750 (estudante) e US$ 675 (orientador) em caso de mestrado. Os valores são concedidos por um ano, com a possibilidade de renovação anual com o limite de dois anos, no total, para mestrado e três anos, no total, para doutorado.

Quem pode participar?
Podem se inscrever no programa de bolsas do Google orientadores das principais universidades na América Latina que trabalham em Ciência da Computação, Engenharia ou áreas relacionadas. Para cada projeto de pesquisa, o professor deverá indicar um aluno de mestrado ou doutorado, responsável por conduzir a pesquisa.

As propostas precisam pertencer aos seguintes campos de estudo:

  • Geo/mapas
  • Interação entre humanos e computadores
  • Retenção, extração e organização de informações (incluindo gráficos semânticos)
  • Internet das coisas (incluindo cidades inteligentes)
  • Aprendizado de máquina (machine learning) e mineração de dados (data mining)
  • Dispositivos móveis
  • Processamento natural de línguas
  • Interfaces físicas e experiências imersivas
  • Privacidade
  • Outros tópicos relacionados à pesquisas na web

As inscrições começam nesta quinta-feira e se encerram em 9 de junho.

Segundo o Google, serão selecionados 48 projetos. Para mais informações, clique aqui.

Fonte: Olhar Digital
Matéria originalmente postada no site olhardigital.uol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *