Últimas

Governo suspende eleição na AFA e Argentina pode ficar de fora da Copa América

Intervenção federal vê irregularidades administrativas na federação de futebol local e pode resultar em desfiliação da Conmebol

A crise no futebol argentino ganhou contornos dramáticos nesta segunda-feira, 30, quando a Inspetoria Geral de Justiça (IGJ) resolveu suspender as eleições presidenciais na federação argentina de futebol (AFA) por “irregularidades administrativas”. Com a intervenção política, a seleção hermana pode até ficar de fora da Copa América do Centenário.


GOALLEIA MAIS: GOAL
Keylor Navas é cortado da CA100 | Messi prepara a volta | Rio 2016: Juve não vai liberar Dybala


O pleito estava marcado para o dia 30 de Junho, mas segundo a ação governamental dois superintendentes serão designados para comandar a entidade por 90 dias. O próximo passo deve ser a criação de uma comissão formada por um membro da Fifa, outro da Conmebol e três nomeados pelo governo federal. 

Para tentar evitar uma suspensão da Albiceleste, o presidente argentino, Maurício Macri, ligou para o mandatário da Fifa, Gianni Infantino, a fim de conversar sobre o assunto. A entidade que comanda o futebol costuma sancionar federações que são alvos de interferência política. O governo do país vizinho garante que essa possibilidade está descartada porque a intervenção ocorre na esfera administrativa.


Presidente Maurício Macri, ao centro (Foto: Divulgação/Boca Jrs)

Nesta terça-feira, 31, acontecerá uma reunião do Comitê Executivo da federação nacional para discutir os próximos passos, que pode resultar na paralisação das competições locais. Só que os próprios clubes também estão em litígio com os cartolas que comandam o futebol argentino, pensando até em criação de uma liga.

A AFA, que enviou um comunicado a Conmebol pedindo desfiliação em caso de ingerência do poder público, é investigada por desvio de recursos no “Fútbol para Todos”, programa criado pela antecessora de Macri, Cristina Kirchner.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *