"Guerra Civil" supera "Batman vs Superman" e tem maior estreia no Brasil

Capitão América: Guerra Civil” dominou as bilheterias fora da América do Norte neste fim de semana, arrecadando US$ 200,2 milhões em sua estreia e batendo o recorde de melhor bilheteria de estreia já registrada no Brasil. As informações são da Variety, publicação especializada em cinema.

Com US$ 12,3 milhões no país, o novo longa da Marvel superou “Batman vs Superman: A Origem da Justiça“, que havia estreado com US$ 10,6 milhões em março.

O novo filme da Marvel estreou esta semana em 37 países, cerca de 63% do mercado internacional de cinema. Entre os países que mais contribuíram para o resultado, além do Brasil, estão a Coreia do Sul (US$ 28,9 milhões), México (US$ 20,6 milhões), onde também bateu recorde, Reino Unido (US$ 20,5 milhões), e Austrália (US$ 10,9 milhões). “Guerra Civil” estreia nos EUA apenas na próxima quinta (6), com expectativa de arrecadar US$ 200 milhões no fim de semana.

O desempenho do longa está mais próximo dos filmes dos Vingadores do que de uma sequência do Capitão América –apenas 5% atrás da estreia de “Era de Ultron” e 26% à frente da abertura de “Homem de Ferro 3” e “Vingadores”.

E em parte é disso mesmo que se trata: o longa traz de volta Homem de Ferro (Robert Downey Jr.), Viúva Negra (Scarlett Johansson), Feiticeira Escarlate (Elizabeth Olsen), Visão (Paul Bettany), Homem-Formiga (Paul Rudd), e Falcão (Anthony Mackie), além de introduzir o novo Homem-Aranha (Tom Holland) e o Pantera Negra (Chadwick Boseman).

No longa, uma tentativa do governo norte-americano de regular as atividades dos super-heróis coloca Capitão América e Homem de Ferro em conflito, com cada um reunindo um time de apoiadores. As críticas a “Guerra Civil” têm sido muito positivas, e o filme tem uma nota de 94% no Rotten Tomatoes (que agrega avaliações da crítica especializada). Para o crítico do UOL, Roberto Sadovski, “é o melhor filme de super-heróis da história”.

A polarização política chega ao cinema

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *