Hamilton aproveita erro da Red Bull e vence pela 1ª vez no ano na F-1

Atual bicampeão da F-1, o inglês Lewis Hamilton, da Mercedes, aproveitou um erro da Red Bull e venceu o GP de Mônaco neste domingo (29).

O australiano Daniel Ricciardo, da Red Bull, largou na pole, com chuva, e tinha grandes chances de ganhar, mas foi vítima de uma trapalhada da sua equipe.

O piloto liderava a prova quando entrou nos boxes na 32ª volta para colocar pneus secos, já que a chuva havia parado.

Porém, os mecânicos não estavam preparados e tiveram que correr para buscar os pneus corretos. Com isso, o australiano perdeu muito tempo e foi ultrapassado por Hamilton, que não cedeu mais a ponta.

Esta foi a primeira vitória do inglês nesta temporada. Ricciardo chegou em segundo. O mexicano Sergio Perez, da Force India, completou o pódio.

O brasileiro Felipe Massa, da Williams, ficou em décimo, enquanto Felipe Nasr, da Sauber, não completou a prova.

Nasr deixou a corrida após ser tocado pelo companheiro de equipe, o sueco Marcus Ericsson, em uma curva do circuito.

Com o triunfo deste domingo, Hamilton passa o finlandês Kimi Raikkonen, da Ferrari, e assume a vice-liderança do Mundial de pilotos, com 82 pontos.

A liderança continua com o alemão Nico Rosberg, da Mercedes, sétimo colocado em Mônaco e que tem 106 pontos na classificação. Ricciardo (66) é o terceiro.

A sétima etapa da temporada da F-1 acontece no outro domingo (12), no Canadá.

CLASSIFICAÇÃO FINAL DO GP DE MÔNACO

1. Lewis Hamilton (Mercedes)
2. Daniel Ricciardo (Red Bull)
3. Sergio Perez (Force India)
4. Sebastian Vettel (Ferrari)
5. Fernando Alonso (McLaren)
6. Nico Hulkenberg (Force India)
7. Nico Rosberg (Mercedes)
8. Carlos Sainz (Toro Rosso)
9. Jenson Button (McLaren)
10. Felipe Massa (Williams)
11. Valtteri Bottas (Williams)
12. Esteban Gutierrez (Haas)
13. Romain Grosjean (Haas)
14. Pascal Wehrlein (Manor)
15. Rio Haryanto (Manor)

NÃO COMPLETARAM

Marcus Ericsson (Sauber)
Felipe Nasr (Sauber)
Max Verstappen (Red Bull)
Kevin Magnussen (Renault)
Daniil Kvyat (Toro Rosso)
Kimi Raikkonen (Ferrari)
Jolyon Palmer (Renault)


Fonte: Folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *