Últimas

Ibimirim deve evitar gastos com festas por atraso de salários

O prefeito da cidade de Ibimirim, no Sertão pernambucano, foi recomendado pelo Ministério Público de Pernambuco (MPPE) a não utilizar verba pública para realizar o aniversário da cidade, shows e festas populares enquanto o pagamento dos servidores municipais estiver atrasado, informa o site do MPPE.

José Adauto da Silva, o Adauto Bodegão, tem até o dia 27 de maio para informar ao ministério se acata a recomendação, que leva em consideração a festa do padroeiro da cidade, a ser realizada de 1º a 12 de junho e que deve contar com atrações nacionais, regionais e locais.

O promotor de Justiça Filipe Wesley Pinheiro afirma que notícias de atraso das folhas de pagamento são recorrentes no município, e que, mesmo assim, festas e shows continuam sendo realizados.

O representante do Ministério Público que realizar gastos com festas enquanto há atraso de pagamento de servidores configura, ainda que parcialmente, uma violação do princípio da moralidade administrativa por parte do prefeito José Adauto da Silva.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *