Impeachment é 'condenação do povo brasileiro', diz Walter Pinheiro

O senador Walter Pinheiro (sem partido-BA) considerou hoje (12) que o provável afastamento da presidenta Dilma Rousseff representará a “condenação do povo brasileiro”. Segundo ele, que em março deixou o PT após 33 anos de filiação, a substituição de Dilma pelo vice-presidente da República, Michel Temer, imporá ao povo um novo programa, diferente daquele vitorioso nas últimas eleições, em 2014.

“O que estamos votando hoje é isso, a condenação do povo brasileiro, impondo ao povo um novo presidente da República sem que o povo tenha tido a oportunidade de opinar. Vamos estar  impondo ao povo um programa diferente daquele que o povo escolheu em outubro de 2014. Portanto, esse é o golpe: tirar do povo brasileiro [o poder] de tirar o governo, ainda que reconheçamos muita coisa boa que foi feita e erros que foram cometidos”, disse Pinheiro.

O senador baiano lembrou que PT e PMDB foram eleitos juntos e, ao lado dos partidos da coalizão, são responsáveis pelos sucessos e fracassos da atual gestão. “Agora, é como se um casal que se separa e diz à sociedade que sempre a culpa é o do outro e não há nenhuma responsabilidade no jogo e na política”, comparou. “O que vai a voto aqui hoje, na realidade, é algo que, infelizmente, a sociedade não terá a capacidade de entender. A sociedade só terá, agora, oportunidade de acompanhar e se preparar para o passo seguinte”.

Após o discurso do senador baiano, restam nove dos 71 senadores inscritos para falar no processo de admissibilidade do parecer da comissão especial a favor do processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff. 

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *