Últimas

Intel cancela sua próxima geração de chips móveis

A Intel confirmou  que irá cancelar sua próxima geração processadores Atom de baixo consumo energético voltados para smartphones e tablets.

A paralização do desenvolvimento de chips para dispositivos móveis se estende ao programa SoFia, na qual a empresa fez parcerias com as fornecedoras chinesas Rockchip e Spreadtrum para reduzir os custos de produção.

Outro programa que também está sendo cancelado é o Broxton, que era uma tentativa da empresa de competir com os melhores chips da Qualcomm, especialmente com relação ao desempenho gráfico. Os chips eram esperados para compor alguns smartphones que seriam lançados ao longo de 2016. 

Vale lembrar que a companhia entrou tarde no mercado de smartphones e tablets e gastou bilhões de dólares para se tornar relevante neste mercado. No entanto, em 2014, o prejuízo da divisão móvel foi de US$ 4,2 bilhões e a previsão é de que a Intel demita 12 mil funcionários, o que representa 11% da sua força de trabalho.

Agora, a empresa pretende focar seus esforços em nuvem, conexão 5G e Internet das Coisas.

Via Anandtech

Fonte: Olhar Digital
Matéria originalmente postada no site olhardigital.uol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *